Algumas palavras...

"O Céu é um grande livro, aberto, pelo amor de Deus, à inteligência do homem." Dr. Serge Raynaud de La Ferriè

segunda-feira, 21 de março de 2011

Do Retorno dos NODOS


É a conjunção do Nodo transitante com sua colocação natal.
O Nodo leva cerca de 18 anos e meio para viajar em torno do zodíaco.
Portanto, temos vários Retornos dos Nodos Lunares.

 
ATENÇÃO: Nos Mapas Natais onde o Nodo Sul está no mesmo signo que o Sol ou o Nodo Norte no mesmo signo que a Lua, ou o Sol e a Lua estão no mesmo signo, o desafio e a lição é fazer o que tinha sido feito antes, porém mais construtivamente, e desenvolver mais qualidades positivas do signo, capitalizando os talentos que já foram desenvolvidos no uso das energias do signo no passado.
Neste momento é de grande valia o conhecimento dos Nodos Lunares, pois que independente de conhecermos ou não nossa química, conhecendo os Nodos podemos – naturalmente com esforço e trabalho – resolver o “Dilema Nodal”, ou seja, atingirmos a UNIDADE dentro de nós.
Mais uma vez, venho aqui falar dos Nodos Lunares, neste momento em que a Terra está passando. Dessa vez não vou colocar a posição Nodal do Grupo. Peço a cada um que veja a página onde estão os Nodos Lunares e leiam a partir de tudo que será dito aqui.
Atentem por exemplo, principalmente para quem está no Retorno dos Nodos (cerca de 18  em 18 anos).
Por Martha Cibelli

“Travar um diálogo com os Nodos Lunares e os planetas, em aspectos e em trânsito, pode resultar numa compreensão do propósito subjacente e indicar um meio de promover a Síntese.

Em seu livro The Astrology of Self-Discovery, Tracy Marks coloca, em adição às percepções penetrantes relacionadas à função nodal, métodos de trabalho e questões especificamente designadas para se alcançar a essência do dilema nodal e apontar o caminho da unificação: “O eixo nodal é como uma fábrica alquímica em nossa psique, através do qual somos capazes de transformar em novas fontes de energia o material cru de nossas vidas passadas e os comportamentos profundamente enraizados. Quando nossos Nodos Norte e Sul operam cooperativamente, experimentamos uma mobilização contínua que catalisa nosso crescimento.” Sintonia e alinhamento ao propósito kármico é um estagio crucial da evolução, fornecendo energia ilimitada para a mudança. Podem ser alcançados através da completa compreensão, integração e vivência do eixo Nodal.”

Juddy Hall




NODO NORTE – Cabeça do Dragão (KATU ou KETU)


Título: Nodo Norte
Palavra Chave: DESTINO

GERAL

O Nodo Norte da Lua representa o ponto no qual a órbita da Lua cruza o plano do Sistema Solar (Eclítica), quando passa do sul para o norte. Esse é um ponto invisível, que é primeiro assinalado em momentos específicos do ano, quando ocorrem eclipses. (O Nodo Sul é exatamente oposto a ele no horóscopo).

Diz-se que representa, mais do que qualquer outra coisa, a influência do karma, ou seja, a predisposição de alguém para se absorver em determinado tipo de atividade. O Nodo Norte indica a direção mais benéfica para o crescimento espiritual. Também mostra em que área particular da sociedade é necessário interagir para encorajar este crescimento.

Os Nodos demoram um pouco mais de dezoito anos para passarem através de todos os doze signos, permanecendo, portanto, cerca de um ano e meio em cada signo. A posição do Signo mostra o enfoque da mudança e do desenvolvimento na sociedade, indicando especificamente a área de progresso do mundo que mais atrai a atenção pública. Em seu horóscopo, esta posição do Signo mostra os traços psicológicos que você desenvolverá na sua busca de crescimento espiritual.

            A posição da Casa do Nodo Norte mostra em qual área da vida irá investir seu tempo e energia para atingir o crescimento, a felicidade e a satisfação. Com freqüência, a direção de uma vida será descoberta na idade de 18 anos e meio, ou então de 37 anos.

Os aspectos do Nodo Norte mostram quais traços de sua personalidade ajudam ou prejudicam você em seu impulso para encontrar e explorar sua orientação espiritual.

O Nodo Lunar fisicamente falando é um ponto equinocial; é o elemento de ligação entre a Terra, a Lua e o caminho aparente do Sol (eclíptica).

É o ponto de encontro entre 3 elementos tão importantes em nosso horóscopo.

O Nodo Lunar permanece em um signo durante 19 meses. Na efeméride temos a posição do Nodo Norte ou Cabeça de dragão; e Sul ou Cauda do dragão, e é colocado na carta (o Sul) em sentido contrário, ou seja, tem o mesmo grau e minutos do Nodo Norte somente está o signo exposto a este.
Na interpretação do horóscopo o Nodo simboliza a ligação entre o presente e o futuro, ele é o ponto de encontro entre as relações de Causa e Efeito. Pelo qual nos guiamos.
 
Nesse processo de evolução ao qual chamamos vida, o Nodo é a primeira chave, a de como e porque de estarmos aqui, ele é a transição e a mistura destes dois Nodos é a experiência do que fomos ontem e o descobrimento do que seremos amanhã.
Portanto se analisarmos bem este elemento do horóscopo, podemos obter respostas que nos ajudarão a encontrar nossa verdadeira posição nesta vida, para que possamos desenvolver e evoluir realmente.
 



Nodo Norte (a Cabeça do Dragão) ou KETU

O Nodo Norte, simboliza o futuro, é a nossa experiência ainda não vivenciada. Para o indivíduo é um novo ciclo que irá viver e carrega por isto as apreensões do desconhecido. Mas o Nodo Norte exerce um fascínio, um magnetismo sedutor, pela vontade que este tem para desvendar o desconhecido. Neste Nodo o indivíduo recebe mais ajuda cósmica, para que possa progredir construindo e criando uma nova meta de vida.

Apesar dos obstáculos, a cada dificuldade que se consegue ultrapassar, é como um trampolim para o crescimento futuro.
Além do Nodo, de tudo que é novo, o homem está sempre descontente com as velhas maneiras e métodos de fazer as coisas e é com grande desejo de descobrir e explorar o mais alto potencial de seu futuro que ele procede e em cada degrau transposto, ele se sente melhor com ele mesmo.
Porém o homem não conseguirá atingir os objetivos da Cabeça do Dragão senão souber desligar-se dos hábitos e comportamentos negativos, adquiridos anteriormente.
O Objetivo do Nodo Norte é elevar-nos e através de uma espiral ascendente atingir a mais alta evolução, buscando Deus.
Quando a pessoa se desvia do Nodo Norte, de seus propósitos, faz algo errado, acontece algo na saúde no meio ponto entre Saturno e Nodo Sul.
Uma análise ou interpretação de um mapa astrológico não deverá deixar de ter em conta o posicionamento dos nodos lunares. Não apenas verificando o signo e a casa onde se encontram, mas também os aspectos significativos que formam.
Isso revela idéias cruciais com as quais nos confrontamos durante a vida, quer no que diz respeito a padrões profundamente arraigados na nossa psique, como no que se refere ao caminho ou ao propósito que nos conduza a uma maior liberdade e consciência.
O Nodo Sul (nodo lunar sul), também designado Cauda do Dragão, pode ser visto como a nossa linha de menor resistência; assinala frequentemente um padrão que podemos considerar inato, impregne em nós, com o qual estamos familiarizados e que expressa o que trazemos para esta encarnação.
Todavia é relevante assinalar – e senão nos focarmos apenas na questão da encarnação – que o Nodo Sul indica padrões de comportamento “de raiz”, adquiridos ao longo da infância e que muitas vezes estão associados aos nossos mecanismos de sobrevivência e à identidade.
Como se fosse aquele o “porto seguro”, onde sabemos que nada pode faltar ou falhar, onde nos movimentamos bem, mas também onde não corremos riscos, onde não tenhamos que entrar num ritmo assustadoramente desconhecido que nos faça crescer e evoluir como seres humanos melhores.

Os Nodos fazem parte de um eixo. É um eixo e não deve ser considerado isoladamente, desligados um do outro. Devemos ignorar (ou não considerar) afirmações do tipo: “Já transcendi o meu Nodo Sul; agora estou a vivenciar plenamente o meu Nodo Norte”.
Tais idéias ou considerações negam (ou não compreendem) a verdadeira essência e natureza do eixo, que na realidade é um processo de cooperação, numa freqüência de integração de polaridades.
O apelo “vai” no sentido da utilização da experiência do Nodo Sul – do signo e casa onde está contido – para melhor expressarmos o Nodo Norte.
Quando nos fixamos no Nodo Sul o que acontece é que nos estamos a agarrar a “comportamentos inconscientes fáceis”, como forma de equilíbrio e segurança emocional.
O Nodo Norte (ou Cabeça do Dragão) simboliza ou é um dos indicadores astrológicos do nosso propósito de vida. Ou expliquemos antes: é também nesse ponto das nossas vidas que precisamos desenvolver faculdades que promovam o nosso crescimento, numa área de vida (casa) e com qualidades (signo) que de alguma forma parecem estar em défice na nossa vivência, mas que necessitamos delas para sermos mais completos.
Alguns autores indicam que tememos o Nodo Norte porque aí “não temos controlo”, porque aí somos impelidos a “abandonarmos os nossos refúgios de segurança”.
Uma idéia interessante é que muitas vezes encontramos ao longo da vida pessoas ou situações que nos ajudam a desenvolvermos qualidades dessa área e dessa energia (casa e signo). Contamos com a colaboração de pessoas cujos planetas ou pontos importantes no mapa fazem conjunções ao nosso Nodo Norte, ou por trânsitos e progressões que também formam conjunções.
Mas voltando à questão da integração do eixo nodal, importa referir que este aspecto é ainda reforçado em determinados casos. 1) Quando os nodos se encontram em casas opostas à sua localização natural (por exemplo: Nodo Norte em Touro na 8ª casa; Nodo Sul em Escorpião na 2ª Casa); 2) Quando o Nodo Sul está em conjunção com o regente do Nodo Norte ou vice-versa (por exemplo: Nodo Norte em Escorpião, em conjunção com Vênus, regente do Nodo Sul – em Touro).
Quase a finalizar gostaria de enfatizar a idéia que é importante anular a tentação de olharmos para o eixo nodal dos nossos mapas com o objetivo de encontrarmos nele os argumentos para as nossas fraquezas ou problemas nesta vida, arranjando pretextos para as vivências pelas quais passamos.
É certo que o Nodo Sul (entre muitos outros aspectos no mapa) indica padrões que de certo modo estão impressos, colados, na nossa psique, todavia a responsabilidade da vida é nossa e não do mapa astrológico.
Outras idéias…
. Os Nodos são pontos do espaço onde a Lua cruza a eclíptica da órbita da Terra. A Lua passa da latitude norte para a sul no Nodo Sul e da latitude sul para a norte no Nodo Norte.
. Os Nodos movimentam-se para trás à razão de cerca de três minutos por dia, têm um movimento basicamente retrógrado e atravessam um signo em cerca de 19 meses e o Zodíaco em sensivelmente 18,5 anos.
. Os Nodos Verdadeiros (True Node) são os mais comuns, porém temos a considerar igualmente os nodos médios (Mean Node), que resultam de posições aproximadas fornecidas por algumas efemérides e que podem diferir até três graus do nodos verdadeiros.
. Quando um Nodo está na cúspide de um signo (a 0º graus), o que acontece é que está a ingressar no signo anterior e segundo alguns autores pode refletir mais o signo no qual se prepara para entrar do que a sua real posição.
Por exemplo: 0º10’ de Carneiro (pode refletir Carneiro ou Peixes); 29º40’ de Peixes (considera-se o signo de Peixes).

NODO SUL – Cauda do Dragão (RADHU)


Título: Nodo Sul
Palavra Chave: DESTINO
O Nodo Sul da Lua representa o ponto em que a órbita da Lua cruza o plano do Sistema Solar (Eclítica), quando passa do norte para o sul. Esse é um ponto invisível, que é primeiro assinalado nos momentos específicos do ano em que ocorrem eclipses. (O Nodo Norte é exatamente oposto no horóscopo.]
Diz-se que os Nodos representam a influência do karma, quer dizer, a predisposição para se absorver em áreas específicas da vida. O Nodo Sul mostra onde sentimos por instinto que temos maior experiência de vida. Existe enorme atração para nos empenharmos nos objetivos ligados a este Nodo: há uma fome interior que deve ser saciada aqui. Mas nenhuma satisfação profunda e a longo prazo é experimentada quando esses objetivos são alcançados.
Os Nodos demoram um pouco mais de dezoito anos para atravessar todos os doze signos, distendendo portanto cerca de um ano e meio em cada signo. Esta posição de Signo mostra quais são as áreas das quais a sociedade extrai lições históricas em seu caminho para o futuro. Em seu horóscopo pessoal mostra impulsos psicológicos ultrapassados, que não podem trazer satisfação.
A posição da Casa do Nodo Sul mostra em qual área específica da vida você sente um impulso poderoso para preencher antigas necessidades, ou em que você é atraído por velhos padrões kármicos. Vai descobrir que seu enfoque nesta área está deslocado e isso pode levar a uma mudança de direção de vida, em regra não mais tarde que os 37 anos.
Os aspectos do Nodo Sul mostram quais os traços de personalidade que o mantêm absorvido em antigos padrões kármicos. Também pode indicar o tipo de grupos com que você tem predisposição para se associar.
Nodo Sul (a Cauda do Dragão) ou RADHU
O Nodo Sul é simbolicamente o passado do homem, é o conjunto de pensamentos, idéias, hábitos, eventos e atitudes, acumulados de outras vivências e não resolvidos, cujos efeitos sentimos na vida atual.
Nodo Lunar Sul representa a porta de entrada na vida atual, onde estão as experiências vividas em excesso na vida passada
Segundo Martim Shumam: São os modelos de comportamentos profundamente arraigados, encontrados aqui no ponto Zenith do homem, com centenas e milhares de anos de trabalho nele mesmo.
O homem tende a permanecer nos modelos e hábitos passados como numa confortável situação em que tudo lhe é familiar, podendo alterar muito pouco o futuro por estar preso arraigado à fundação daquilo que ele criou.
Para alguns, o Nodo Sul pode limitar-nos, mais para os outros, se a estrutura for firme e forte, traz a vida presente por fruto de muita realização.
O Nodo Sul é o nosso calcanhar de Aquiles, é o nosso ponto vulnerável. Todas as pessoas querem saber sempre mas, raramente param e olham o passado, examinando os efeitos de tudo que criaram e permanecem presos dentro dele. É como que hipnotizadas, permanecem no mesmo molde de comportamento e maneira de viver, que na maioria das vezes, terão que lutar muito para modificá-lo e construir outro tipo de vida.
O Nodo Sul aponta hábitos negativos arraigados, crenças limitantes presentes, gostos preferenciais e condicionamentos primários aos quais a pessoa pode retornar em busca de acolhimento, identidade, familiaridade, reconhecimento e acomodamento. Esta é a força da sua tentação. Mas quando a pessoa retorna a ele, se volta para ele, age segundo ele, a promessa positiva do mapa não se cumpre, pois nesta vida o projeto é mudar este costume e construir o que aponta o nodo norte. O nodo sul deve ser usado como alicerce, experiência, referencia para encarar os desafios das conquistas do nodo norte.
 
"O Nodo Sul (descendente) faz referência ao que Jung chama de persona, que é o resultado dos esforços feitos pelo indivíduo para integrar seu comportamento em termos de um padrão social ou de alguma 'imagem', que no melhor dos casos satisfaz apenas a uma parte de seu ser total. O indivíduo cristaliza seu comportamento na forma dessa 'imagem', e assim assume um papel que mantém ou através de força de vontade egocêntrica ou pela compulsão de tradições sociais ou necessidade social. Essa persona é uma personalidade falsa, porque o destino total do indivíduo não pode operar nela ou através dela." (Rudhyar - Astrologia da Personalidade)
Martin Shulman afirma: "O Nodo Sul (descendente) simboliza o passado do Homem. Veja: não é apenas o símbolo de uma encarnação passada; é, antes, uma combinação de eventos, idéias, atitudes e pensamentos de todas as encarnações anteriores cujos efeitos acumulados e não-resolvidos deram origem à vida atual" p22 e continua: "O ponto potencialmente mais fraco de qualquer carta natal é o nodo sul, já que ele representa as pegadas que deixamos atrás de nós... um passo no sentido do nodo sul pode mergulhar o indivíduo na revivência de memórias tão densas, das quais ele pode levar anos -para conseguir sair de novo.- p23...*O nodo sul é banco de memória de níveis já vividos, ... pode ser usado, mas nunca se detendo nele -p24"*
As marcas do nodo sul poderão ser vistas como os costumes e tendências que espontaneamente afloram no indivíduo na primeira metade da vida, assim como o nodo norte se manifesta como aquilo que é novo e deve ser conquistado, e para isso, a pessoa terá que se esforçar, vencer obstáculos, desenvolver novas habilidades, ter coragem para perseverar até construir novos alicerces e perspectivas de vida segundo indica a situação astrológica do nodo norte.
É importante estudar a situação astrológica dos nodos e observar como eles estão se expressando na vida da pessoa. Observar possível acomodamento a Cauda do Dragão e como se estão realizando as orientações sugeridas pela Cabeça do Dragão.
Na primeira metade da vida existe a tendência da pessoa ser dominado pelas forças subconscientes do nodo sul, enquanto que as indicações do nodo norte podem se manifestar na primeira metade da vida como ideais, vocação, sonho, que conseguem só se materializar quando o individuo conquista o autoconhecimento e o domínio de si suficiente para se libertar do que aparentemente é mais fácil e satisfaz, mas cria carma, desentendimento e sofrimento.
 Os Nodos lunares. Katu - Radhu. Cabeça e calda do Dragão.
Para alguns astrólogos, os nodos lunares são a espinha dorsal do mapa natal: o Nodo Sul mostrando o que se traz do passado ou alicerce, o Nodo Norte apontando caminhos de desenvolvimento, assuntos e propósitos a serem conquistados. Martin Shulman chega a afirmar: "os nodos lunares revelam a trilha de desenvolvimento da alma na vida atual, enquanto o resto da carta natal adiciona informações sobre como se está percorrendo esta jornada".
Os nodos lunares revelam a pessoa importantes informações para se libertar de possíveis vícios e condicionamentos que o podem fazer sofrer, assim como perceber onde deve concentrar seus esforços para conquistar aquilo que lhe corresponde nesta vida. Quando inconsciente da natureza e condicionamentos associados aos nodos, poderá ficar girando entorno dos acomodamentos cármicos do passado negativo refletido no conteúdo astrológico do Nodo Sul e sentindo a falta de não conseguir realizar o que se propõe na direção do Nodo Norte.
Os nodos lunares são dois pontos virtuais definidos pela intersecção da trajetória da Lua com o plano da Eclíptica (definido pela trajetória aparente do Sol em torno da Terra. No fim deste artigo tem mais informações astronômicas sobre os nodos). Sendo assim os nodos estão relacionados diretamente com o Sol, a Lua e a Terra, no momento do nascimento da pessoa*. Na astrologia védica são considerados como planetas invisíveis: o nodo ascendente é chamado de Katu - cabeça do Dragão e o nodo descendente por Rahu - cauda do Dragão. Katu, cabeça do Dragão ou Nodo Norte é considerado benéfico, auspicioso. Ele mostra a direção em que se deve agir a favor de bem-estar, prosperidade e evolução pessoal. A cabeça do Dragão aponta o que se deve conquistar, a direção a seguir, o futuro e contem a lição que se deve aprender na vida presente. Habitualmente não se tem experiência e conhecimentos no setor e assuntos que aponta a cabeça do Dragão. A cabeça do Dragão indica onde se deverá fazer esforços e desenvolver habilidades e aptidões para conseguir cumprir a promessa de felicidade do eixo nodal, eixo da alma.
Radhu, cauda do Dragão ou Nodo Sul é considerado maléfico, escape, tentação, uma direção na que se tem experiência, mas que não deve ser revisitada a não ser para ser usada com alicerce, referência, experiência. Quando se volta nela, existe o perigo de acomodamento e estagnação. No setor (casa) ou assuntos (signo) da cauda do Dragão a pessoa pode se sentir familiarizada, o que facilita que se recorra a eles em momentos de desafios.
O Nodo Sul aponta hábitos negativos arraigados, crenças limitantes presentes, gostos preferenciais e condicionamentos primários aos quais a pessoa pode retornar em busca de acolhimento, identidade, familiaridade, reconhecimento e acomodamento. Esta é a força da sua tentação. Mas quando a pessoa retorna a ele, se volta para ele, age segundo ele, a promessa positiva do mapa não se cumpre, pois nesta vida o projeto é mudar este costume e construir o que aponta o Nodo Norte. O Nodo Sul deve ser  usado como alicerce, experiência, referencia para encarar os desafios das conquistas do Nodo Norte.
"O Nodo Sul (descendente) faz referência ao que Jung chama de persona, que é o resultado dos esforços feitos pelo indivíduo para integrar seu comportamento em termos de um padrão social ou de alguma 'imagem', que no melhor dos casos satisfaz apenas a uma parte de seu ser total. O indivíduo cristaliza seu comportamento na forma dessa 'imagem', e assim assume um papel que mantém ou através de força de vontade egocêntrica ou pela compulsão de tradições sociais ou necessidade social. Essa persona é uma personalidade falsa, porque o destino total do indivíduo não pode operar nela ou através dela." (Rudhyar - Astrologia da Personalidade).
Martin Shulman afirma: "O Nodo Norte (ascendente) é o símbolo do futuro. Ele representa uma nova experiência ainda não tentada... pode provocar apreensões pelo desconhecido e pelo risco das novas experiências ainda não tentadas, esta posição nodal exerce uma curiosa atração magnética puxando a alma para seu futuro crescimento." -p24 ... O Nodo Norte simboliza a área de expressão mais elevada a ser atingida na vida atual, portanto, deve ser interpretado através das mais altas qualidades do signo e da casa onde estiver localizado na carta natal... Mas não se atinge o Nodo Norte enquanto não se aprende a se desprender de seu passado pois este passado representa os grilhões de sua prisão cármica. p24... precisa aprender a renunciar graciosamente dos hábitos negativos e memórias que não mais servem aos objetivos de sua vida... Precisa aprender a seguir caminhando até sentir que não há mais pegadas atrás de si." p25
Ao analisar os nodos considera-se o eixo de signos e casas em que se encontram, assim como os aspectos que fazem ao Sol, a Lua e os planetas natais.
As marcas do Nodo Sul poderão ser vistas como os costumes e tendências que espontaneamente afloram no indivíduo na primeira metade da vida, assim como o Nodo Norte se manifesta como aquilo que é novo e deve ser conquistado, e para isso, a pessoa terá que se esforçar, vencer obstáculos, desenvolver novas habilidades, ter coragem para perseverar até construir novos alicerces e perspectivas de vida segundo indica a situação astrológica do Nodo Norte.
É importante estudar a situação astrológica dos nodos e observar como eles estão se expressando na vida da pessoa. Observar possível acomodamento a Cauda do Dragão e como se estão realizando as orientações sugeridas pela Cabeça do Dragão.
Na primeira metade da vida existe a tendência da pessoa ser dominado pelas forças subconscientes do Nodo Sul, enquanto que as indicações do Nodo Norte podem se manifestar na primeira metade da vida como ideais, vocação, sonho, que conseguem só se materializar quando o individuo conquista o autoconhecimento e o domínio de si suficiente para se libertar do que aparentemente é mais fácil e satisfaz, mas cria carma, desentendimento e sofrimento.
Num mapa natal, se os nodos estiverem próximo da cúspide de uma casa deve ter-se em conta a casa anterior, considerando uma orbe de 5 graus; se estiver no final de uma casa deve considerar-se na própria casa, ao contrário do combinado com os planetas. Isto é devido ao movimento retrógrado dos nodos. Por exemplo se o Nodo está no cúspide da Casa 11 (orbe de 5 graus) deve ser considerado na casa 10.
O Ciclo Nodal Médio no Zodíaco (período em que o Nodo dá uma volta completa no zodíaco) é de 18,6 anos. Assim o nodo demora num mesmo signo 1 ano e meio. Todas as pessoas nascidas neste período terão os nodos nos mesmos signos. Mas em dependência da hora em que nascerem terão os nodos em determinadas casas. Ao igual que os planetas, em função do movimento de rotação da Terra entorno de seu eixo, a cada dia, em dependência da hora, os nodos estão em diferentes casas ou direções. Por isto o posicionamento por casa vai dar maior identidade e individualidade em relação ao signo em que se encontram. O posicionamento por signo será comum a todas as pessoas que nascerem enquanto o nodo estiver no signo. Já o seu posicionamento por casa vai depender do dia, hora e local onde nasceu, tendo assim um significado mais personalizado.
Numa sinastria entre duas pessoas a situação dos nodos natais no mapa do parceiro pode revelar dados importantes do relacionamento.
Porque o Nodo Norte se escolhe como direção do futuro e o Nodo Sul, direção do passado?
O Nodo Norte é habitualmente associado ao nodo ascendente de forma absoluta, ainda que isto só seja valido para um observador no hemisfério norte acima da linha dos trópicos. O Nodo Norte é conhecido por Nodo Ascendente porque neste ponto para um observador no hemisfério norte *a trajetória da Lua cruza do Sul para o Norte ascendendo. Mas, para um observador no hemisfério sul, este ponto desce, o nodo ascendente para ele é o Nodo Sul, Quer dizer, observando a trajetória da Lua em torno da Terra, um observador no hemisfério sul poderá observar que o ponto onde a trajetória da Lua corta o plano da eclíptica no seu momento de ascendência é o Nodo Sul, assim como o Nodo Norte, para ele, é o ponto por onde a trajetória da Lua desce.
Na faixa dos trópicos em dependência do dia do ano um observador pode ver o Nodo Norte como ponto de subida ou descida em dependencia a que este se encontro de um lado ou outro do plano da eclíptica devido a inclinação do eixo da Terra.
Assim o critério de ascendência da trajetoria da Lua nada é o motivo da eleição do Nodo Norte como direção do futuro, algum colega conhece o motivo desta eleição?
Nodos lunares nas casas. A posição dos nodos lunares nas casas vai definir um eixo fundamental da vida onde se desenrola o drama entre aquilo que se trai do passado e o que se quer para o futuro. A casa onde estiver o Nodo Sul fala dos assuntos onde a pessoa pode se acomodar em busca de facilitações, mas onde se sente sem satisfação e pode sofrer e provocar sofrimento. A casa onde se encontra o Nodo Norte mostra os assuntos onde a pessoa anela se desenvolver, mas não tem conhecimentos e experiências, assim poderá ter dificuldades e viver desafios.
A saída é tomar os assuntos da casa do Nodo Sul como alicerce, ponto de partida, mas investir em tudo o que facilite os assuntos do Nodo Norte.


O MITO DE RADHU


Deuses e os demônios se juntaram numa aliança para produzirem um néctar, amrita, que poderia dar-lhes a imortalidade. Para consegui-lo era necessário a ajuda dos demônios e entre eles havia um chamado Vasuki, o dragão que queria virar imortal.
Este precioso néctar da imortalidade depois de criado foi escondido num oceano de leite que quando agitado era preparado a divina porção. Quando o néctar já estava preparado foi servido somente aos deuses.
Vasuki, o dragão, resolveu enganar os deuses – disfarçou-se de deus e sentou-se entre o Sol e a Lua na tentativa de bebe o néctar e conseguiu.
Logo, Surya (Sol) e Chandra (Lua) descobriram o disfarce de Vasuki e avisaram a Vishnu. Este cortou instantaneamente a cabeça de *Vasuki com seu disco e atirou-a ao céu.*
Mas, o dragão já havia bebido uma quantidade do néctar e se tornado imortal, tanto a cabeça quanto a cauda. A cabeça do dragão foi batizada pelo nome de Radhu e a cauda Ketu.
A cabeça começou a clamar por justiça e socorro, o corpo caiu sobre a Terra sacudindo o planeta. O tronco sem a cabeça (Ketu) também obteve a sua cota de imortalidade.
No fim as duas partes do dragão atrevido foram colocadas numa órbita planetária de 180° afastadas uma da outra, de modo que nunca pudessem se unir.
Como o Sol e a Lua denunciaram o disfarce do dragão, Radhu * e sua contraparte, *Ketu, tornaram-se inimigos do Sol e da Lua. *Sempre que Radhu ou Ketu têm uma chance de atacá-los, eles o fazem, de tempos em tempos descarregam sua vingança, ofuscando ao Sol e a Lua, dando origem aos eclipses lunares e solares.
O Sol é o centro do Universo e doador de vida e a Lua controla a vida na Terra e ambos são obscurecidos por Radhu e Ketu que representam a lei cósmica que os humanos devem obedecer.
Na astrologia hindu, Radhu e Ketu são considerados dois planetas invisíveis, inimigos do Sol e da Lua que durante a conjunção ou oposição causam os eclipses.




<><><><><><> <><><><><><>

NODO LUNAR NOS SIGNOS


Nodo Norte em Áries e Nodo Sul em Libra

Em vidas passadas, a pessoa se submeteu aos outros. Nesta vida, deve afirmar a própria identidade e acreditar em si para se tornar um autêntico líder. Mesmo cansada de viver em função dos outros, ela ainda assim está sujeita a fazer qualquer coisa para não desagradá-los. Até os 30 anos sua vida pode ser muito marcada por essa tendência de evitar conflitos a qualquer custo, mas depois da primeira revolução de Saturno (mais ou menos aos vinte e nove anos)ela se empenhará, espontaneamente ou levada pelas circunstâncias, a vencer o desânimo e a importância desmedida que dá aos outros.Aprenderá a ser prestativo e fraterno e,ainda, que complexo de inferioridade não tem nada a ver com humildade.


Nodo Norte em Touro e Nodo Sul em Escorpião
 

No passado, a pessoa não teve interesses próprios e seu desafio agora é realizar-se em algo que considere significativo. As pessoas com esses nodos no mapa viveram situações emocionais traumatizantes. Em alguns,sob a fachada de normalidade,a tendência para a magia negra,problemas sexuais e outros tipos de desvios de comportamento podem estar ativos subconscientemente impulsionando o indivíduo para situações compulsivas. Precisam buscar sinceramente o amor e a verdade sem temor.

  

Nodo Norte em Gêmeos e Nodo Sul em Sagitário


A pessoa traz de vidas passadas conhecimentos que devem ser postos em prática na vida atual. Sua missão é ensinar o que sabe e aprender o que desconhece. Algumas pessoas com esses nodos podem apresentar uma obsessão por aprender. Porém, são eternos estudantes que não colocam em prática nem uma décima parte do conhecimento que acumulam. Sua dificuldade em estabelecer relações com os outros pode também levá-las a preferir a companhia dos livros. Uma biblioteca pode atraí-las bem mais que uma festa ruidosa com música, comida e bebida.



Nodo Norte em Câncer e Nodo Sul em Capricórnio
 

Em vidas passadas, a pessoa foi protetora de muitos e ficou habituada a ser centro de atenções. Precisa a aprender a amar mais sinceramente para não passar um bom período da sua vida (especialmente antes da primeira revolução de Saturno aos 29 anos) oscilando entre dois comportamentos típicos desse nodo: empenhar-se de corpo e alma na realização de suas necessidades de elogio público, achando que isso poderá aplacar a carência de afeto e intimidade ou colocar-se num lugar de vítima, devotada e incompreendida (aquela mãe ou pai que fez tudo pelos filhos e não tem reconhecimento).  É hábil em criar situações para obrigar os outros a prestar atenção em suas carências afetivas.

  

Nodo Norte em Leão e Nodo Sul em Aquário
 

No passado a pessoa deixou de realizar suas metas e, agora, sua missão é transformar os seus ideais em planos bem elaborados, antes de colocá-los em prática. Para isso, deve desenvolver a auto-disciplina.

Esses nossos irmãos conheceram o significado das palavras sabedoria e justiça no passado, e elas ainda dizem muito aos seus corações, que de tanto amar, se tornaram frios, pelo medo de se envolver e sofrer. Já estiveram em movimentos coletivos que transformaram a face do planeta e fizeram a humanidade dar alguns passos para a frente. Podem também ser veteranos das velhas escolas iniciáticas, que retornam ao plano físico para colocar em prática e tentar realizar, algumas de suas idéias geniais que estão muitos anos à frente de seu tempo.


Nodo Norte em Virgem e Nodo Sul em Peixes


Em vidas passadas, a pessoa pode ter sofrido muito. Por isso tende a ser introspectiva e negativista. Nesta vida, pode ser levada a exercer atividades que exijam espírito de sacrifício, para combater sua auto-piedade.

O nodo norte em Virgem nos cobra a lição do discernimento. É fundamental ajudar a todos sem com isso nos prejudicarmos. Só é possível auxiliar quem está no mar revolto se afogando se soubermos nadar e não sucumbirmos junto. Só pode ajudar o desesperado quem está lúcido.


Nodo Norte em Libra e Nodo Sul em Áries


Em vidas anteriores, a pessoa foi muito independente e tinha uma personalidade forte. Na vida atual sua tarefa é abrir mão do individualismo e ser mais compreensivo e companheiro com a pessoa amada.

Personalidades fortes, conseguiram o que muitos de nós lutamos para alcançar: um ego desenvolvido. O problema é que, no passado, esse ego cresceu tanto que quase os engoliu por inteiro e eles agora voltam ao plano material para aprender aquela que é talvez a mais difícil e importante das lições, para todos nós que estamos nos candidatando a uma vaga na Nova Era Aquariana que se aproxima: "É dando que se recebe".


Nodo Norte em Escorpião e Nodo Sul em Touro


Em vidas anteriores, a pessoa foi excessivamente apegada aos bens materiais. Agora precisa entender que o dinheiro existe para servi-la e não o contrário. Deve fazer uma revisão de seus valores. Obtuso e limitado pelo que já conhece, pode ter passado vidas seguindo pelo caminho mais difícil, apenas porque este já havia sido trilhado. Sensual e apreciador dos prazeres da carne, pode ter perdido oportunidades de progresso espiritual por valorizar mais o tangível e o agora. Aqui, mais do que em qualquer outro lugar, devemos refletir sobre aquelas palavras: “Que aproveitará o Homem, se ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?


Nodo Norte em Sagitário e Nodo Sul em Gêmeos
 

Em outras vidas, a pessoa foi muito curiosa e teve a mente agitada. Na vida atual, está sempre com a cabeça ocupada com mil idéias. Precisa aprender a ter um pensamento de cada vez. O nodo lunar norte no signo de Sagitário é uma jornada. Uma busca de luz verdadeira. Depois de passar anos acumulando informação e dados, chegou a hora de encarar de frente as implicações que todo esse conhecimento concede.Conhecimento traz responsabilidade e a necessidade de vivê-lo na prática. Não basta somente repetir. Chegou a hora de entrar na maioridade espiritual e dar o grande passo que é ser o que se acredita. Ensinar pela prática, não mais pela pregação. Tornar-se verdadeiramente o que se é.


Nodo Norte em Capricórnio e Nodo Sul em Câncer


Em vidas passadas, a pessoa dependeu de sua família, financeira e emocionalmente e não amadureceu. Seu carma nesta vida é atender as necessidades e exigências dos familiares para adquirir maturidade.

Chegando ao mundo depois de vidas de isolamento em seu próprio universo de sentimentos infantis, se vêem agora empurrados pela própria vida na direção de um amadurecimento que eles próprios solicitaram a ela, antes de aportarem por aqui. Acostumados a ver o que queriam ver, eles agora, como o jovem Buda, vêem que o mundo é bem maior que as muralhas do palácio. A aceitação desse fato permitirá que ocupem os seus lugares neste mundo.


Nodo Norte em Aquário e Nodo Sul em Leão


Em vidas anteriores, a pessoa teve muito orgulho dos próprios talentos,sentindo-se muito superior aos outros. Sua missão agora é aprender a desenvolver atitudes mais humanas em relação aos outros.

Algumas vezes, de seu trono observa o povo que se aproxima sem nenhuma cerimônia. Fica muito perturbado com a indiferença com que os simples mortais se dirigem a ele ignorando a sua superioridade e nobreza.Pensa em virar as costas e voltar para a palácio.

Precisa aprender rapidamente que aqueles não seus súditos, são os seus verdadeiros irmãos, e que sem eles, a sua vida não significa nada.
 

Nodo Norte em Peixes e Nodo Sul em Virgem


Em encarnações anteriores, a pessoa foi muito crítica. Por isso, nesta vida, tende a se sentir não valorizada, sobretudo no trabalho. Precisa saber que a solução de seus problemas está em seu eu interior.

Muito crítico, julgador, podem ter sido alguns dos exageros virginianos do passado, que motivaram o retorno à essa estação diluidora que é o Nodo Norte em Peixes. O excesso de detalhes os fez perderem a visão do conjunto e do que é essencial. Constantemente confrontados pela vida com situações onde as suas explicações lógicas não podem resgatá-los da correnteza do improvável, eles, mesmo assim, lutam o quanto podem contra ela. São marinheiros disciplinados.

 
<><><><><><> <><><><><><>

NODO LUNAR NAS CASAS
  
Na primeira e sétima casas: A Cabeça do Dragão na primeira Casa indica que a pessoa a receberá favores e honrarias. Confere mais atrativos e energia. Mas nessa posição terá oposição da Cauda de Dragão na sétima Casa, que dá tendência a tornar a pessoa ingrata com os favores recebidos, a atrair inimigos declarados e desentendimentos com o cônjuge. O inverso: A Cabeça na sétima Casa mostra que a pessoa não terá ou terá poucos inimigos, e prognostica sucesso em uniões e associações. A Cauda na primeira Casa inclina à tribulações e falta de magnetismo pessoal.
Na segunda e oitava casas: A Cabeça na segunda Casa auxilia no fluxo financeiro e elimina ansiedades de um modo geral. A Cauda na oitava casa, varre os lucros materiais e financeiros através de decepções. O inverso: A Cabeça na oitava Casa traz boa saúde e vida longa, com heranças e benefícios de parentes. A Cauda na segunda Casa pode causar perda e danos nos negócios, adversidades nas finanças e temores em tratos financeiros.
 
Na terceira e nona casas: A Cabeça na terceira Casa predispõe a lucros e ganhos com irmãos e amigos íntimos, viagens curtas, facilidade de expressão, mente progressista e facilidade nos assuntos educacionais. A Cauda na nona Casa, inclina a pouca fé e viagens longas decepcionantes e problemáticas. O inverso: Cabeça na nona Casa aumenta a fé, favorece aos assuntos religiosos, espirituais e também às viagens longas e a residência no estrangeiro. Confere também intuição e sonhos proféticos. A Cauda na terceira Casa traz ansiedade mental, dificuldade de relacionamento com irmãos e pouca inclinação para a ex­pressão verbal e escrita.

Na quarta e décima casas: A Cabeça na quarta Casa augura felicidades para uma mãe e velhice segura, estável e tranqüila. A décima Casa terá a Cauda, indicando prejuízos para o pai e dificuldades no emprego. O inverso: A Cabeça na décima Casa confere felicidades e alegrias ao pai, honras e postos elevados na sociedade. Já a Cauda na quarta Casa predispõe a atritos entre mãe/filho no período da infância.
 
Na quinta e décima primeira casas: A Cabeça na quinta Casa proporciona alegrias, filhos afortunados e muita satisfação nos afazeres. A Cauda na décima primeira Casa atraí amizades indesejáveis e a decepção de ideais e esperanças. O inverso: A Cabeça na décima primeira Casa atrai amizades meritórias e profícuas que irão colaborar com a pessoa na realização de seus projetos. A Cauda na quinta Casa pode indicar que a pessoa não terá filhos e também decepções pela indulgência em prazeres nocivos à evolução espiritual.

Na sexta e décima segunda casas: A Cabeça na sexta Casa proporciona um corpo saudável e uma saúde boa. A Cauda na décima segunda Casa inclina a perseguições de inimigos secretos e a algum tipo de confinamento. O inverso: A Cabeça na décima segunda Casa traz lucros e êxito em assuntos espirituais. A Cauda na sexta Casa pode predispor a problemas de saúde.


VEJA QUAL É O SIGNO DE SEU NODO NORTE
(sendo assim o NODO SUL o signo oposto)


<><><><><><> <><><><><><>

TABELA DOS NODOS LUNARES (1900-1949)
01 de janeiro de 1900 - 28 de dezembro de 1900
Nodo Norte em Sagitário
29 de dezembro de 1900 - 17 de julho de 1902
Nodo Norte em Escorpião
18 de julho de 1902 - 04 de fevereiro de 1904
Nodo Norte em Libra
05 de fevereiro de 1904 - 23 de agosto de 1905
Nodo Norte em Virgem
24 de agosto de 1905 - 13 de março de 1907
Nodo Norte em Leão
14 de março de 1907 - 29 de setembro de 1908
Nodo Norte em Câncer
30 de setembro de 1908 - 18 de abril de 1910
Nodo Norte em Gêmeos
19 de abril de 1910 - 07 de novembro de 1911
Nodo Norte em Touro
08 de novembro de 1911 - 26 de maio de 1913
Nodo Norte em Áries
27 de maio de 1913 - 13 de dezembro de 1914
Nodo Norte em Peixes
14 de dezembro de 1914 - 02 de julho de 1916
Nodo Norte em Aquário
03 de julho de 1916 - 19 de janeiro de 1918
Nodo Norte em Capricórnio
20 de janeiro de 1918 - 09 de agosto de 1919
Nodo Norte em Sagitário
10 de agosto de 1919 - 26 de fevereiro de 1921
Nodo Norte em Escorpião
27 de fevereiro de 1921 - 15 de setembro de 1922
Nodo Norte em Libra
16 de setembro de 1922 - 04 de abril de 1924
Nodo Norte em Virgem
05 de abril de 1924 - 22 de outubro de 1925
Nodo Norte em Leão
23 de outubro de 1925 - 12 de maio de 1927
Nodo Norte em Câncer
13 de maio de 1927 - 28 de novembro de 1928
Nodo Norte em Gêmeos
29 de novembro de 1928 - 18 de junho de 1930
Nodo Norte em Touro
19 de junho de 1930 - 06 de janeiro de 1932
Nodo Norte em Áries
07 de janeiro de 1932 - 25 de julho de 1933
Nodo Norte em Peixes
26 de julho de 1933 - 12 de fevereiro de 1935
Nodo Norte em Aquário
13 de fevereiro de 1935 - 01 de setembro de 1936
Nodo Norte em Capricórnio
02 de setembro de 1936 - 21 de março de 1938
Nodo Norte em Sagitário
22 de março de 1938 - 09 de outubro de 1939
Nodo Norte em Escorpião
10 de outubro de 1939 - 27 de abril de 1941
Nodo Norte em Libra
28 de abril de 1941 - 15 de novembro de 1942
Nodo Norte em Virgem
16 de novembro de 1942 - 03 de junho de 1944
Nodo Norte em Leão
04 de junho de 1944 - 23 de dezembro de 1945
Nodo Norte em Câncer
24 de dezembro de 1945 - 11 de julho de 1947
Nodo Norte em Gêmeos
12 de julho de 1947 - 28 de janeiro de 1949
Nodo Norte em Touro
29 de janeiro de 1949 - 31 de dezembro de 1949
Nodo Norte em Áries
TABELA DOS NODOS LUNARES (1950-1999)
01 de janeiro de 1950 - 17 de agosto de 1950
Nodo Norte em Áries
18 de agosto de 1950 - 07 de março de 1952
Nodo Norte em Peixes
08 de março de 1952 - 02 de outubro de 1953
Nodo Norte em Aquário
03 de outubro de 1953 - 12 de abril de 1955
Nodo Norte em Capricórnio
13 de abril de 1955 - 04 de novembro de 1956
Nodo Norte em Sagitário
05 de novembro de 1956 - 21 de março de 1958
Nodo Norte em Escorpião
22 de março de 1958 - 08 de dezembro de 1959
Nodo Norte em Libra
09 de dezembro de 1959 - 03 de julho de 1961
Nodo Norte em Virgem
04 de julho de 1961 - 13 de janeiro de 1963
Nodo Norte em Leão
14 de janeiro de 1963 - 05 de agosto de 1964
Nodo Norte em Câncer
06 de agosto de 1964 - 21 de fevereiro de 1966
Nodo Norte em Gêmeos
22 de fevereiro de 1966 - 10 de setembro de 1967
Nodo Norte em Touro
11 de setembro de 1967 - 03 de abril de 1969
Nodo Norte em Áries
04 de abril de 1969 - 15 de outubro de 1970
Nodo Norte em Peixes
16 de outubro de 1970 - 05 de maio de 1972
Nodo Norte em Aquário
06 de maio de 1972 - 22 de novembro de 1973
Nodo Norte em Capricórnio
23 de novembro de 1973 - 12 de junho de 1975
Nodo Norte em Sagitário
13 de junho de 1975 - 29 de dezembro de 1976
Nodo Norte em Escorpião
30 de dezembro de 1976 - 19 de julho de 1978
Nodo Norte em Libra
20 de julho de 1978 - 05 de fevereiro de 1980
Nodo Norte em Virgem
06 de fevereiro de 1980 - 25 de agosto de 1981
Nodo Norte em Leão
26 de agosto de 1981 - 14 de março de 1983
Nodo Norte em Câncer
15 de março de 1983 - 01 de outubro de 1984
Nodo Norte em Gêmeos
02 de outubro de 1984 - 20 de abril de 1986
Nodo Norte em Touro
21 de abril de 1986 - 08 de novembro de 1987
Nodo Norte em Áries
09 de novembro de 1987 - 28 de maio de 1989
Nodo Norte em Peixes
29 de maio de 1989 - 15 de dezembro de 1990
Nodo Norte em Aquário
16 de dezembro de 1990 - 04 de julho de 1992
Nodo Norte em Capricórnio
05 de julho de 1992 - 21 de janeiro de 1994
Nodo Norte em Sagitário
22 de janeiro de 1994 - 11 de agosto de 1995
Nodo Norte em Escorpião
12 de agosto de 1995 - 27 de fevereiro de 1997
Nodo Norte em Libra
28 de fevereiro de 1997 - 17 de setembro de 1998
Nodo Norte em Virgem
18 de setembro de 1998 - 31 de dezembro de 1999
Nodo Norte em Leão






13 comentários:

  1. Eu tenho justamente o caso do nodo lunar em casas opostas. (nodo norte em touro na casa 8) e por causa disso não consigo interpretá-lo pois me parece que, o que eu tenho de fazer e o que tenho de deixar para trás são as mesma coisa. É como se me pedisse coisas opostas. Existe alguma interpretação a esse respeito?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tenho o mesmo problema! Nodo Norte em Libra na casa 1.. é muito contraditório, mas penso que a resposta é o equilibrio das duas energias!

      Excluir
    2. Nadine Sofia, tenho o mesmo probkema que vc, nodo norte em libra na casa1. Vc conseguiu uma interpretação melhor? Se sim gostaria que entrasse em cotato comigo. Busco essa resposta. Meu email alemberg1@gmail.com, zap (21) 994855775

      Excluir
    3. Nadine Sofia, tenho o mesmo probkema que vc, nodo norte em libra na casa1. Vc conseguiu uma interpretação melhor? Se sim gostaria que entrasse em cotato comigo. Busco essa resposta. Meu email alemberg1@gmail.com, zap (21) 994855775

      Excluir
    4. Minha linda, os Nodos obrigatoriamente SEMPRE estão em signos opostos. É impossível que as exigências sejam as mesmas. Sugiro veja o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=C5Z_RtIxVuA

      Excluir
    5. O eixo nodal É SEMPRE EM OPOSIÇÃO!

      Excluir
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Como desliga a porra dessa musica!!!!

    ResponderExcluir
  3. Nosssaaaa!!!! Calma. Não é do Blog. É do programa que fica no final da page. É só clicar no auto-falante e desativar.
    Tenha um belo dia.

    ResponderExcluir
  4. Emanuelle, desculpe mas nao entendi.
    "nodo lunar em casas opostas"??? Eles SAO SEMPRE em casas opostas.

    ResponderExcluir
  5. Ela quis dizer em um signo na casa do seu signo oposto.

    ResponderExcluir
  6. Como você interpretaria um Nodo Sul em Peixes na casa 9 conjunto ao Sol e a Júpiter, em oposição ao Nodo Norte em Virgem na casa 3 em conjunção a Lilith verdadeira? Todos em quadratura a Plutão em Sagitário na casa 6.

    ResponderExcluir
  7. Como você interpretaria um Nodo Sul em Peixes na casa 9 conjunto ao Sol e a Júpiter, em oposição ao Nodo Norte em Virgem na casa 3 em conjunção a Lilith verdadeira? Todos em quadratura a Plutão em Sagitário na casa 6.

    ResponderExcluir