Algumas palavras...

"O Céu é um grande livro, aberto, pelo amor de Deus, à inteligência do homem." Dr. Serge Raynaud de La Ferriè

segunda-feira, 21 de março de 2011

Dos Hemisférios e Quadrantes




DOS HEMISFÉRIOS E QUADRANTES

Os Hemisférios e os Quadrantes - Nós dividimos o mapa em hemisférios norte, sul, leste e oeste e em quatro quadrantes, cada um tendo um significado.

Um Mapa se divide em dois Hemisférios, sendo a parte de baixo do Mapa – que vai da Casa 1 a Casa 6 (Hemisfério Inferior), abaixo da “Linha do Horizonte” denominada Hemisfério Norte, estão as “Casas Noturnas” e que estão ligadas ao “Eu Inferior”; enquanto a parte de cima do Mapa – que vai da Casa 7 a Casa 12 (Hemisfério Superior), acima da “Linha do Horizonte”, denominada Hemisfério Sul, estão as Casas Diurnas, e que estão ligadas ao “Eu Superior”.







O HEMISFÉRIO NORTE vai da primeira até a sexta casa. Quanto mais planetas você tiver, mais voltado pra dentro de si mesmo, você é, sendo capaz de se conhecer melhor. Um excesso de planeta indica uma pessoa, que vive trancada dentro de si mesma.

O HEMISFÉRIO SUL vai da sétima até a décima segunda casa. Quanto mais planetas você tiver aqui, mais você vai querer se projetar no mundo e talvez até, querer ser famoso. Pessoas com excesso de planetas aqui, podem ter dificuldade de parar, o que estão fazendo, para olhar dentro de si mesmas, na busca da resolução dos seus problemas.

O HEMISFÉRIO LESTE (Hemisfério Oriental) - ocupa o espaço, da terceira, segunda, primeira, décima segunda, décima primeira e décima. Quanto mais planetas nessas casas, quanto mais você é ambicioso, decidido, egocêntrico, gostando de agir por conta própria , para que você possa usar seu livre arbítrio.

O HEMISFÉRIO OESTE (Hemisfério Ocidental) - abrange o restante das casas, ou seja da nona até a quarta. Quanto mais planetas você tiver aqui, mais voltado e dependente dos outros você é, terá que aprender, que muitas vezes na sua vida, você vai se envolver em situações, em que você não poderá agir, da maneira que quer. O mapa vai indicar o quanto é fácil, ou não aprender essa lição.


DOS QUADRANTES

Os QUADRANTES - Por causa dos hemisférios, o mapa é dividido em quatros quadrantes, cada quadrante é um ponto de interseção entre dois hemisférios.

O Mapa se divide em quatro Quadrantes (Ver imagem abaixo); sendo as três primeiras Casas (Casas 1, 2 e 3) o Primeiro Quadrante (“Ação Subjetiva”), as três Casas seguintes (Casas 4, 5 e 6) o Segundo Quadrante (“Reação Ambiental”), as Casas 7, 8 e 9, compõem o Terceiro Quadrante (“Reação da Civilização”) e finalmente as três últimas Casas (Casas 10, 11 e 12) constituem o Quarto Quadrante (“Ação Universal”).



Primeiro Quadrante - ocupa a primeira, a segunda e a terceira casa. Pertence ao mesmo tempo aos hemisférios sul e leste. Mostra alguém voltado pra si mesmo, mas que ao mesmo tempo gosta de agir por conta própria, o tipo de pessoa, que gosta de controlar os outros nos bastidores.

Segundo Quadrante - ocupa a quarta, a quinta e a sexta casa. Indica uma pessoa, que gosta de criar, servir e cuidar dos outros e se relacionar num nível de intimidade.

Terceiro Quadrante - ocupa a sétima, a oitava e a nona casas. Indica uma pessoa, que quer se projetar, mas com o auxílio dos outros. Geralmente são as pessoas, com que se relaciona, que as levam ao sucesso. Os outros são a razão deles quererem subir na vida, já que suas metas são neles e não em si mesma.

Quarto Quadrante - este quadrante indica uma pessoa, que quer se fazer por si mesma, já que é a interseção do hemisfério sul, com o hemisfério leste.

A distribuição dos planetas pelos quadrantes, funciona como tudo na astrologia e na vida, a carência indica um ponto, que tem que ser desenvolvido, o excesso indica, que você tende a se importa muito com esse ponto e esquecer do resto. Porém uma distribuição equilibrada dos planetas pelos quadrantes pode ser indecisos graças a imparcialidade e assim podemos não agir na vida. Isto simboliza, que é, por não sermos perfeitos e buscarmos o aperfeiçoamento, é, que nos movemos na vida, que no final o todo se equilibra.


Da mesma forma, a parte de baixo (ou Hemisfério Norte) são as Casas Pessoais; enquanto a parte de cima (ou Hemisfério Sul) são as Casas Coletivas.



Extraído do livro: Astrologia - Analise dos Símbolos Astrológicos




A ARRUMAÇÃO DOS PLANETAS NO MAPA:
OS HEMISFÉRIOS E OS QUADRANTES
(Segundo a Astrologia Médica)



Dividindo o zodíaco pelos eixos ascendente/descendente e meio-do-céu/fundo-do-céu, formam-se quatro hemisférios e quatro quadrantes.


A arrumação dos planetas nos hemisférios e nos quadrantes vai indicar uma determinada orientação ou que áreas de interesse serão enfatizadas pelo indivíduo durante sua vida.


Hemisfério Leste ou lado esquerdo do mapa



Este hemisfério começa na cúspide da casa 10 e termina na cúspide da casa 4 (no sentido inverso ao do relógio). Quando o indivíduo tem a maioria dos planetas deste lado, trata-se de uma pessoa bastante individualista cuja ação a leva ao desenvolvimento de sua potencialidade e identidade. O nativo faz seu aprendizado por iniciativa própria durante o decorrer de sua vida. Promove conscientemente seus afazeres, não pede ajuda nem recebe. Há muitas escolhas e ele sente necessidade de investigar a respeito da vida por si só, sem que ninguém seja seu mestre.


Terapia recomendada: o tratamento psicoterápico verbal não seria aconselhado. O ideal é o tratamento com artes, biodança, ou de acordo com os signos envolvidos.




Hemisfério Oeste ou lado direito do mapa



Este hemisfério começa na cúspide da casa 4 e termina na cúspide da casa 10 (no sentido inverso ao do relógio). Ter a maioria dos planetas no hemisfério Oeste significa que o nativo é uma pessoa muito sociável, não possui muita liberdade de ação para determinar o curso da direção de sua vida e seus interesses pessoais costumam ficar nas mãos dos outros. Irá aprender muitas lições durante sua vida, através de fatos, outras pessoas ou envolvimentos interpessoais. Mais de seis planetas neste hemisfério demonstra uma pessoa muito dependente.


Terapia recomendada: o tratamento psicoterápico verbal.





Hemisfério Sul ou parte superior do mapa



Este hemisfério começa na cúspide da casa 7 e termina na cúspide da casa 1 (no sentido inverso ao do relógio). Quando possui a maioria dos planetas no hemisfério Sul, o nativo tende à extroversão. Estará muito voltado para os assuntos ligados à sociedade em geral e desenvolverá sua identidade através do público e do social. Gastará bastante energia lidando com a comunidade e se esforçará para atingir os seus objetivos na área social. Estará sempre cercado de gente e de amigos.


Terapia recomendada: de grupo.





Hemisfério Norte ou parte inferior do mapa



Este hemisfério começa na cúspide da casa 1 e termina na cúspide da casa 7 (no sentido inverso ao do relógio). Quando possui a maioria dos planetas no hemisfério Norte, o nativo tende à introversão, à introspeção e à reflexão. É uma pessoa preocupada consigo mesma, que vive à procura de um sentido para a vida.


Terapia recomendada: neste caso, é necessário verificar outros aspectos do mapa; porém, a psicoterapia de grupo poderia ser eficaz.




O primeiro quadrante: da 1ª à 4ª casa, é composto de uma parte inferior Norte e de uma parte esquerda Leste. E composto pelas casa 1, 2 e 3, que são casas ligadas ao "eu": minha personalidade, meus valores, meu ambiente mais próximo. Assim, a pessoa que possui muitos planetas neste quadrante se expressa de forma mais voltada para tudo que é bem próximo a si. É bastante preocupada consigo mesma, não costuma encorajar intimidade com os outros, é independente e egocêntrica.


 O segundo quadrante: da 4ª à 7ª casa, é composto de uma parte inferior Norte e de uma parte direita Oeste. Este quadrante é composto pelas casas 4, 5 e 6, que são as casas do lar e da família, dos filhos e amores, do trabalho e da saúde. Assim, a pessoa que tem a maioria dos planetas neste quadrante é introspectiva mas ao mesmo tempo voltada para o exterior. A pessoa está preocupada com experiências transpessoais mais íntimas e, segundo Tierney, com segurança emocional através de relacionamentos.


 O terceiro quadrante: da 7ª à 10ª casa, é composto de uma parte superior Sul e de uma parte direita Oeste. Composto pelas casas 7, 8 e 9, responsáveis pelos relacionamentos com os outros, com crises e transformações, com o meio ambiente mais distante, este quadrante está relacionado com o envolvimento impessoal, com as experiências com os outros, com a vida exterior e com os relacionamentos mais abrangentes.


O quarto quadrante: da 10ª  à 1ª casa, é composto de uma parte superior Sul e de uma parte esquerda Leste. As casas 10, 11 e 12 são as que compõem este quadrante e são casas relacionadas ao social, ao controle de seu destino, à autodeterminação, à produtividade e ao sucesso, aos grupos, aos amigos e às instituições de caridade e ajuda ao próximo. Assim, a pessoa que tem a maioria dos planetas neste quadrante possui necessidade de concretizar. Seus interesses são mais impessoais e voltados para o coletivo.




Nenhum comentário:

Postar um comentário