Algumas palavras...

"O Céu é um grande livro, aberto, pelo amor de Deus, à inteligência do homem." Dr. Serge Raynaud de La Ferriè

segunda-feira, 21 de março de 2011

Trânsitos de PLUTÃO



Nenhum trânsito começa ‘do nada’,
e isto é ainda mais verdadeiro
em se tratando de Trânsitos de Plutão.
 





  Os Ciclos de PLUTÃO são sempre devastadores.

248 anos.
Cerca de um pouco mais de 247 anos e 250 dias, Plutão, devido ao fato de se movimentar extremamente devagar e de um modo um pouco irregular, levando de 10 a 30 anos para atravessar um signo, é impossível a qualquer pessoa vivenciar um Ciclo completo deste minúsculo planeta. Durante uma existência, ele transita por apenas dois ou três signos. Entretanto, o movimento de Plutão de uma casa para outra, significa um período da vida essencialmente transformador. Os aspectos formados por Plutão, enquanto em trânsito, devem ser observados com muito cuidado, pois que, nenhum outro planeta é capaz de causar tanta devastação ou trauma, quando funcionando negativamente.

 



PLUTÃO em QUADRATURA com Plutão
**Válido durante muitos meses e as vezes anos**
Varia conforme ano de nascimento
 
Bem pessoal, eu não posso deixar de dizer o que eu penso em relação a Plutão. Este que é o Regente do meu Mapa. Então, particularmente percebo Plutão como aquela energia longínqua, lenta, disfarçada que vem com tudo (nos trânsitos) para abalar as estruturas de nosso EGO. Tendemos ao Poder e Controle principalmente na área em que Plutão “colocou seu Altar”. Não importa em que Casa ele esteja (no meu caso está na Casa 11) sempre vai nos dobrar, sem dó nem piedade. E quanto maior o EGO da pessoa, maior vai ser o tombo. Este planeta tão distante tem o DOM de eliminar (destruir) o que nos atrapalha inconscientemente, mas com muita “porrada”. Se ao final, não “nos mata”, pelo menos nos faz renascer. É como a “Fênix”, renascemos das cinzas.
Plutão estará em Capricórnio até o ano de 2024, e salve-se quem puder!
Por Martha Cibelli

A PRIMEIRA QUADRATURA de Plutão, diferentemente de todos os outros planetas, não tem uma idade chave para ocorrer, devido à órbita muito elíptica deste planeta. Por exemplo, a geração nascida bem no início do século viveu a quadratura de Plutão a Plutão natal por volta dos 64 anos. Quem nasceu em 1920, passou por sua quadratura Plutão-Plutão aos 54 anos. Já os nascidos no período da Segunda Guerra Mundial experimentaram a mesma quadratura com 46 anos. E, só para citar mais um exemplo, quem nasceu em 1958, passou pela quadratura com 37 anos. A quadratura Plutão-Plutão marca um período de profundas mudanças pessoais. Algo precisa morrer para ceder espaço ao novo. É semelhante à passagem de Plutão nas casas, que está ligada a um trabalho muito lento de modificar o significado daquela casa para a pessoa. De finalizar idéias, comportamentos e até mesmo uma determinada história ligada àquela casa. A diferença é que a quadratura Plutão-Plutão torna a finalização algo bastante imperativo.
Como Plutão "acelerou o passo" conforme se aproximava do seu domicílio em Escorpião, a galera nascida nos anos 60 e 70 vivencia esta quadratura entre 35/39 anos....coisa que, quem nasceu antes, vivenciou esta quadratura com cinquenta e tantos anos, na fase da aposentadoria, menopausa, andropausa e outras mudanças mais contundentes...




PLUTÃO em QUADRATURA com PLUTÃO NATAL

Esse é um trânsito muito peculiar, por que não acontece exatamente com todas as pessoas, uma vez que existem gerações que o vivenciam e gerações que só o experimentam em idade muito avançada.

Vejamos as diversas interpretações (até radicais) deste singular trânsito:


Reconstruindo
**Válido durante muitos meses**

Este trânsito representa um período de regeneração total, o que talvez não seja de todo agradável.

A maioria de nós se apega ao passado, seja ele bom ou não. E este trânsito irá eliminar precisamente os elementos do passado que não são bons para você, inclusive certos aspectos que já pode ter esquecido. (Essa parte é muito boa…)

É possível que agora ressurjam problemas de que você nem lembrava mais, apesar de eles ainda exercerem influência inconsciente em sua vida, e isso talvez lhe traga algumas dificuldades. Este trânsito está associado a forças que jazem nas profundezas e que promovem mudanças. Por isso, não culpe as circunstâncias nem as pessoas pelas mudanças desagradáveis que ocorrerem agora.

Olhe dentro de si mesma para ver como as bases do presente são assentadas no passado. Talvez muitas coisas sejam destruídas agora, e essa destruição será implacável se você tentar resistir inflexivelmente.

A ação deste trânsito sobre as oposições é particularmente agressiva. Por isso, procure simplesmente deixar que as coisas do passado se desvaneçam, permitindo que o futuro se construa a partir de suas ruínas. Se o conseguir, o potencial de mudanças positivas sob esta influência é imenso.

Este trânsito poderá ainda aumentar sua curiosidade diante dos processos de criação e regeneração do universo, levando-a a interessar-se pelo ocultismo. Entretanto, é melhor evitar certas práticas, como por exemplo a magia, pois as energias envolvidas seriam de difícil domínio neste momento. Embora a princípio seu consciente possa estar no controle da situação, é possível que depois você se veja inteiramente comandada por forças interiores e completamente inconscientes. Isso poderia ter consequências desastrosas.

Além disso, é possível que você venha a envolver-se em sérias lutas pelo poder com pessoas que tentem impedir ou precipitar mudanças em sua vida. Observe atentamente antes de definir qual a categoria em que elas se enquadram.




Quer ver o que outro diz, então vai:


O significado dele é bem simples: O tempo passou, as idéias da sua geração estão ultrapassadas, aceite o novo ou MORRA. Certamente ele não um trânsito necessariamente tão drástico, até porque as gerações atuais vivem esse trânsito em idade muito tenra. Mas a simbologia dele coloca os indivíduos em contato com o aspecto mais finito da existência. A consciência da morte física, mas sobretudo, a consciência da morte das idéias. Talvez por isso alguns astrólogos modernos se sentem tentados em atribuir a "exaltação" de Plutão ao signo de Gêmeos.  Na época do seus pais as coisas eram de um jeito, na sua época de outro, na dos seus filhos de outro. Não adianta ficar chafurdando na lama dos nostálgicos, daqueles eternamente apegados aos "bons e velhos tempos", especialmente em tempos de plutão em Capricórnio: Aceite as mudanças ou morra. É nesse tom de crueldade que a geração que nasceu com Plutão em Libra, a geração fadada a receber esta quadratura com menos idade, sobretudo os que tem Plutão nos primeiros 15° de Libra recebe a mensagem plutoniana, no ríspido, severo e austero Capricórnio.

Essa quadratura é responsável por mudanças muito drásticas e irreversíveis e dependendo do restante da conjuntura no mapa, pode ser mais ou menos violento, a depender dos aspectos natais que já envolvem Plutão. Mas a mensagem principal é a conscientização da passagem do tempo,  diferente do trânsito de saturno que ensina a pessoa a esperar o momento correto. Com Plutão você aprende que não vale a pena esperar porque é muito provável que você não sobreviva até a chegada de um momento realmente favorável. Então pare de chorar, pare de culpar os céus e mova-se, aceite a mudança ou então é melhor optar pela morte mesmo. No que diz respeito a Plutão não faz muita diferença , e diferente de saturno, plutão é implacável em relação àqueles que ousam resistir as transformações impostas. Com saturno você pode protelar e deixar pra resolver a pendência em seu próximo retorno, com plutão você nem se quer vai saber o que é uma oposição (a não ser os que têm plutão em Câncer e Leão, que tendem a viver essa oposição mas em idade bem avançada), então jamais terá a chance de um retorno. Se perder a oportunidade, ela nunca mais volta.

Por Elias Mendes – Astrologo de Florianópolis, Santa Catarina, Brazil



 


E mais...

Mas o que esse quadro astral está fazendo com as pessoas, em nível pessoal? Uma das coisas que mais tenho observado em meu consultório é que existe um medo difundido, um terror, que pode até ser inteiramente infundado, mas que perturba de fato e tira o sono de muitas pessoas. Em nível pessoal, Plutão é o planeta do subconsciente, e costuma estar ligado à morte. Em termos sociais ele está ligado à destruição em locais indicados pelas áreas onde ele transita. Em nossa vida pessoal ele funciona da mesma maneira. O micro é como o macro. Sendo Plutão um planeta transpessoal (não visível a olho nu e portanto um planeta do coletivo) ele age de forma sorrateira, escondida, como que invisivelmente e sem que possamos nada contra ele. O ciclo de Plutão é o mais longo de todos – 250 anos aproximadamente - e poucos vivem para vivenciar mais do que um quarto de seus aspectos, ou seja, uma quadratura de Plutão com o Plutão Natal. Mas é suficiente! Seu trânsito pelas casas leva as pessoas a fazerem uma revisão completa nas áreas que ele atinge. Assim, se ele estiver em trânsito na Casa VII, será o casamento que estará sendo reavaliado. É possível, nesse caso, que exista até uma morte ou uma viuvez que irá fazer com que a pessoa precise repensar toda a sua vida matrimonial. Se estiver passando na Casa X, a área da carreira será irremediavelmente transformada, queiramos ou não! E assim acontece com as outras casas astrológicas. Na Casa VI Plutão provoca um estrago na saúde mas também é relacionado com a forma como lidamos com os colegas de trabalho, em nosso ambiente cotidiano. E assim é para as outras Casas astrológicas.
O Trânsito de Plutão demora para começar a fazer efeito, mas já é sentido quando o planeta se aproxima a menos de 5º da cúspide da Casa em questão. Ele anuncia o estrago que irá fazer. Talvez sejamos nós que, distraídos, não percebamos sua aproximação. Por volta dos 61,3 anos teremos os primeiros medos da morte, os primeiros sinais de nossa mortalidade. Plutão permanece bem 18 anos num signo! É bastante tempo para mudarmos e efetuarmos os ajustes necessários, não é? (Não é por acaso que achamos que com 18 anos saímos da adolescência para ingressar na vida adulta. É a primeira grande transformação de nossa vida).
A tensão psicológica, os pensamentos e sentimentos negativos – a nível consciente ou inconsciente – são uma constante quando esse trânsito afeta uma área ligada aos planetas pessoais da pessoa. Nesse caso o trânsito é extremamente difícil e coincide com momentos cruciais na vida da pessoa. Nesse caso, o sistema imunológico enfraquece e debilita as defesas naturais, tornando-nos mais suscetíveis às doenças, especialmente a tumores em geral. Sofremos perdas, perdemos nossas estruturas: temos medo do futuro. o trânsito onde Plutão está se movendo nos coloca em contato com o carma das encarnações passadas. Mas nem todo o carma é um mau carma. Os talentos que desenvolvemos nas encarnações anteriores podem também estar sendo resgatados, transformados e reutilizados, numa verdadeira reciclagem.
Em alguns casos Plutão destrói o ego da pessoa. O ego, cujo desejo principal é manter-se, tenta resistir à destruição procurando exercer poder e controle sobre aquela área da vida que está sendo afetada pela passagem do planeta. Para compreender como o ego nos controla, precisamos compreender como funciona a dinâmica do seu desenvolvimento.
Quando chegamos ao mundo estamos completamente sem defesas e, sem o amor de nossa mãe ou da pessoa que cuidou de nós, não poderíamos sobreviver. Para obtermos o apoio necessário à nossa sobrevivência, aprendemos a manipular, esconder, suprimir ou até negar totalmente aquelas partes de nós mesmos que o ambiente (mãe-família) não aprova, inclusive – e principalmente – nossos impulsos sexuais (mas não somente esses, mas sim todos os impulsos reprovados pelo ambiente).
O processo pode ser visto da seguinte forma:
Impulso ® Ansiedade ® Mecanismo de defesa.

Assim, aprendemos a controlar nossos impulsos, na ânsia de não sermos mais amados. Temendo a perda do amor, nos tornamos ansiosos em nos defendemos. A repressão é um dos mecanismos de defesa que pode ser empregado, mas existem outros. A agressão, a raiva, a destruição são outros mecanismos de defesas, tudo depende da personalidade da pessoa. Quando a criança percebe que tais e tais impulsos não são aprovados pelo ambiente, desenvolve ansiedade e por conseqüência tenta reprimir o impulso para se defender. Isso cria uma falsa identidade, um falso Eu, que acaba se tornando uma espécie de identidade falsa, o Ego. Os trânsitos de Plutão, rompem as fronteiras do Ego existentes para permitir que, aquilo que se encontrava oculto em nosso subconsciente venha à tona, ressurja, muitas vezes de forma dolorosa. Surge assim a oportunidade para integrarmos novamente em nossa identidade aquelas potencialidades positivas que haviam sido reprimidas e negadas.




Os trânsitos de Plutão podem abrir uma brecha para resgatarmos algo inconsciente, escondido e nos apresentam uma excelente oportunidade para reciclarmos nossa imagem verdadeira. Devemos aprender a superar as barreiras impostas na infância, analisando como reagimos principalmente à quatro categorias principais de acontecimentos (segundo a Psicoterapia existencial): morte, liberdade, isolamento e ausência de sentido.


Então, analisemos como reagimos em face dessas problemáticas que fazem parte da existência de qualquer ser humano. Qual é nosso maior medo? Qual o nosso mecanismo de defesa? Se nossa vida não é como gostaríamos que fosse, não devemos culpar os outros, mas nós mesmos. Poderíamos ter feito outras escolhas, poderíamos ter lidado com as coisas de forma diferente? Não adianta chorar sobre o leito derramado. Nossas escolhas são determinadas pelo nosso caráter, o caráter molda nosso destino, que está escrito em nosso Mapa Natal.


Você, analise. Qual seu maior medo? Como você reage a ele? Como você tenta controlá-lo? Tenta compreendê-lo? Ou simplesmente se adapta e deixa o terremoto passar? Ou culpa os outros pelo que acontece em sua vida?


Graziella Marraccini
Astróloga, Taróloga e Kabalista



- Dos 36 aos 40 anos - Plutão em quadratura com Plutão:

Nesta altura da vida dá-se a primeira quadratura de plutão Natal com o Plutão em trânsito. Esta influência ativa a nossa consciência relativamente à morte e à regeneração. As pessoas começam a aperceber-se que não duram para sempre. Metade da vida já foi vivida e agora começam a refletir sobre os seus erros.

Nesta fase, muitas das vezes os privilégios são perdidos, há uma reavaliação de valores e uma tendência para pensar que o passado está perdido.

É comum o conflito de gerações, o desemprego, a perda de lugares de chefia e perda de rumo profissional....

Conceito chave: destruir para depois reconstruir

Como reagir: Se bem que Plutão coloque as pessoas numa posição paralizante, sem saber o que fazer perante a perda, sem capacidade de resolução é importante entender que a destruição traz consigo a regeneração.

Plutão é um planeta de trânsito lento... as suas influências parecem incapacitantes por demasiado tempo... mas lembre-se sempre que há males que vêem por bem e que na roda da vida a perda é sempre regenerada.  

www.lacquaproject.net


Vamos saber mais sobre PLUTÃO

Plutão pode ficar de doze até mais de trinta anos em um signo, e isso faz dele um planeta impessoal.
Suas vibrações transformadoras são impressas nas gerações, e podemos perceber essas vibrações nos movimentos de transformação registrados pela história. E suas influências pessoais quase sempre são sutis.
Ele nos traz a energia que usamos para atingir a transformação profunda, para nos transformarmos em cinzas para ressurgir renovados destas cinzas.
Ele nos motiva a questionar, a por o dedo na ferida, a trazer à tona o que está incomodando e eliminar o que já se desgastou ou degradou.
Ele nos impõe a regeneração e a transformação dolorida. Plutão traz a energia que precisamos para manifestarmos as forças dos instintos e das paixões.
O setor que Plutão se localiza em nosso mapa recebe esta energia meio vulcânica, meio intempestiva e arrebatadora. Ali, ele traz uma necessidade de metamorfose, uma necessidade de reciclagem, de revigoramento, mas também pode trazer muita dor, angústia, desejo de manipulação e atração pelo poder impiedoso.
Plutão representa o contato com o Deus interior, a sensação da própria força, o radicalismo, o contato com o inconsciente, o “8 ou 80”, a prepotência, a impotência, questões limites, onde não se tem controle, a rejeição, o amor ou o ódio, a psicologia, é aquele que parece estar morto e volta a viver, a engenharia, a genética, a ligação com o ocultismo...
O poder, a transformação, a alma, o impulso sexual, o inconsciente, a perda, a morte, é o princípio da autoridade, da organização e dos recursos internos.
Os processos de degeneração, necessidade de poder, medo de transformação, a resistência de transformar, a atração das massas para o bem ou para o mal, os assuntos nucleares e as transformações radicais.
Plutão faz as coisas apaixonadamente e compulsivamente.
Plutão é a oitava superior de Marte – onde o impulso sexual mais elevado e inconsciente representa Plutão, e a sexualidade animal representa Marte.
Ao ser descoberto em 1930, Plutão se encontrava entre as estrelas Castor e Polux.
Segundo a lenda, Castor morre em uma batalha e Polux que era imortal, pede a Júpiter que o faça reviver ou que o torne também um imortal... Júpiter não pode atender totalmente ao pedido de Polux, mas permite que eles vivam e morram alternadamente, pela eternidade. Talvez por isso, Plutão tenha sido associado à morte e ao renascimento...
Entre outras coisas, o inconsciente, individual e coletivo está associado a Plutão. Por que morte e renascimento?
Porque tudo o que nasce tem que morrer um dia e todo o renascimento requer uma morte. A semente deve morrer como semente, debaixo da terra para que possa germinar e brotar como nova planta. A lagarta deve morrer para ressurgir gloriosa nas asas da borboleta.
Ouso dizer que a atual crise mundial é o sintoma de que algo está morrendo e que uma nova ordem social deve nascer disso tudo... Se isso será melhor ou pior não se sabe, mas é impossível resistir a mudança.
Os mitos associados a Plutão revelam a natureza dessas forças incontroláveis...
O nome de nosso planeta foi sugerido por uma garotinha através de um concurso e, como nada acontece por acaso, Plutão na mitologia romana, é o nome de um deus dos mundos subterrâneos e de tudo o que está oculto...
Hades, deus do mundo subterrâneo era muito feio e nenhuma deusa o queria para esposo. Um dia, ele viu Perséfone, filha de Deméter e Zeus, colhendo flores com outras virgens; num instante ele a rapta e leva para o seu reino onde a estupra e a coroa como sua rainha.
Deméter, ao se ver sem sua filha única, fica desolada e proíbe o crescimento das plantações de grãos e a frutificação das árvores. A terra fica estéril e a humanidade passa fome...
Os outros deuses, então, convencem Hades a deixar Perséfone retornar ao mundo superior por seis meses a cada ano para rever a sua mãe.
O mito explica o surgimento das estações do ano: antes do rapto, só existiam a primavera e o verão, mas toda vez que Perséfone tem que deixar a sua mãe ela se lamenta, as árvores perdem as folhas, as plantas morrem e o inverno chega...
O mito simboliza também um rito de passagem da infância para a vida adulta, quando o jovem deve sair da influência da família, assumir sua sexualidade, tornar-se adulto.
Em um grau mais profundo, significa que a intromissão do inconsciente na mente consciente muitas vezes é sentida por nós como um estupro... Todas as coisas que enterramos lá, como medos, raivas, ciúmes, desejos sexuais e de poder surgem do nada para nos assaltar, exigir que as aceitemos e que convivamos com elas...
Antigos padrões de personalidade são levados a um confronto com o destino, quando um acontecimento qualquer desencadeia o processo.
Trânsitos de Plutão podem ser o fator desencadeante. Mas não podemos deixar de lembrar que o inconsciente não é apenas o depósito de nossos complexos emocionais negativos, mas também, um reservatório de potencialidade não desenvolvidas que podem ser acessadas em momentos de crise.
Assim perdemos algo de nossos velhos modelos e descobrimos algo de novo dentro de nós, adquirimos maior conscientização interior, sofremos um renascimento em termos de percepção e expressão, nem sempre indolor.
A posição por casa de Plutão natal, indica em que setor da vida podemos ter que se confrontados com o destino, para morrer e renascer mais conscientes. 



Dados Técnicos do Planeta

Ano Plutoniano: 91.250 dias.
Período de Rotação: 150 horas (6,4 dias).
Diâmetro: 5.794 km.
Distância do Sol: 5.906 milhões de km.
Deslocamento diário no zodíaco: 0º 0’ 11” por dia.
Revolução zodiacal: Cerca de 250 anos.
Permanência média em cada signo: 29 anos.

Característica: Quente – seco, elétrico, masculino, desagregativo, violento e estéril.
Tarôt: A Morte.
Mitologia: Hades, deus dos infernos e das regiões subterrâneas.
Personificação: Revolucionários, bruxos, mágicos, as pessoas que lidam com o poder, políticos, estadistas. A Kundaline. As empresas multinacionais e o governo. Os espinhos, o furúnculo, o tumor, o psicólogo, o detetive.
Saúde: Associa-se a Marte, no tocante a influência exercida sobre as gônadas, relaciona-se principalmente com a formação das células e com a própria função reprodutora. Os órgãos genitais e todo o sistema urinário.
Signo: Escorpião. 



Os dois signos plutônicos mais comum atualmente:

Plutão em Leão: Sentimentos de posse sexual.

Plutão em Virgem: Indica uma ação crítica. A sexualidade é um instrumento reprimido, moralismo, “caretas”. Essa geração tem um potencial de transformar as organizações e os métodos da sociedade humana. Tem um jeito crítico, analítico, metódico e sistemático de questionar e transformar o mundo, buscando destruir e reciclar as formas de sistematização, de trabalho e de cuidado diário com a saúde.

Em algumas Casas:

Plutão na casa I: Imposição, tem uma grande necessidade de poder, a pessoa impõe sua personalidade para os outros e impõe o que quer.

Plutão na casa III: Indica uma ação dominadora e impositiva em questões de relacionamento.

Plutão na casa IV: Traumas familiares, indica família poderosa.

Escorpião na casa V: A necessidade de auto-expressão criativa é assunto da casa 5 e a interferência plutoniana nesta casa gera dificuldade para a fluência espontânea do que há de mais autêntico no próprio ser, então, os portadores da energia deste fluir complicado, que se realiza à base de marteladas e noites viradas em claro.

Plutão na casa VII: Necessidade de poder e de impor sua personalidade.

Plutão na casa X: A pessoa quer ter poder de qualquer jeito.

Plutão na casa XII: A pessoa vê coisas, tem visões, recebe e incorpora espíritos.


Alguns Aspectos de Plutão:


Plutão em sêxtil e trígono com o ascendente: Indica tendência dominadora, ações motivados pelo subconsciente, adaptação a novas condições de vida, força criativa e regenerativa. Este aspecto facilita a evolução do indivíduo.

Plutão em quadratura ou oposição ao ascendente: Inclina a uma forte imposição das próprias convicções e confere uma imposição dominadora.

Plutão em sêxtil e trígono com o MC: Indica profissões ligadas a técnicas novas, computadores, energia nuclear. Predispõe à ocupação de cargos elevados em empresas multinacionais e à eleição para cargos altos e importantes.

Plutão em quadratura e oposição com o MC: Indica ações imprudentes e ousadas, tendências reformistas, forte imposição profissional. É um aspecto desfavorável para nomeações e eleições.




Quando Plutão se aproxima a um planeta natal, através de um aspecto significativo, já faz sentir sua presença a uma proximidade de dez graus.

Quando Plutão está ligado por aspectos ou ângulos significativos astrologicamente a um planeta natal, suas energias e atributos se misturam segundo a natureza do ângulo que os une. Plutão na sua forma de se manifestar faz com que fiquem bem claras as funções do outro planeta. A sua força é tal que sua marca se fará sentir independentemente se os aspectos forem harmônicos ou tensos. A reatividade a Plutão é profunda e pode vir acompanhada de catarses ou crises, perdas e ganhos. A força e natureza de Plutão desafia a um profundo autoconhecimento ou a viver momentos de perturbação, medo e angústia.

Os assuntos que Plutão vai trabalhar já são apontados na sua aproximação, uns três anos antes do aspecto exato já a pessoa sente o que Plutão quer. Quanto mais rápido se capta sua mensagem, melhor. Plutão, ao se aproximar de um planeta, primeiro vai revelar tudo o que existe de travado, enrolado, doentio em relação aos atributos e assuntos do planeta, depois vai criar situações exteriores ou interiores em que a pessoa terá que enfrentar seu processo de cura, e por fim leva embora aquilo que não serve mais. Ele sempre levará algo importante ao que a pessoa estava identificada.

Se considerarmos uma orbe de cinco graus, um aspecto de Plutão com um planeta natal dura em torno de cinco anos. Dois anos antes, um durante o aspecto exato, e dois depois.

Informações básicas do aspecto por trânsito de Plutão a um planeta natal ou ponto significativo de mapa:

• É aconselhável começar a acompanhar de perto Plutão quando está a 10 graus de um aspecto significativo a um planeta natal ou ponto significativo do mapa;

• Quando Plutão está a um mínimo de 5º de um planeta natal ou de um ponto significativo de um mapa já faz sentir onde ele vai mexer;

• Quando vai pegar um planeta, primeiro ativa o planeta (e sua situação no mapa) e depois as casas que ele rege. Ativa a promessa do planeta natal e tudo ao que ele está ligado.

• Ao Plutão pegar a cúspide de uma casa estará ativando seus assuntos com mais intensidade nos primeiros quatro anos. Ele pode passar na casa de 10 a 40 anos em dependência da velocidade com que esteja se movimentando e do tamanho da casa.

• Quando no céu se conforma um aspecto planetário com Plutão que exista no Mapa Natal, o natal será potencializado e vivenciado.

• Como Plutão tem movimento retrógrado pode passar três vezes pelo mesmo ponto.

• Os aspectos tem uma duração média de efeito forte de 5 anos. Os aspectos de sextil e trígono provocam movimentos positivos, uso favorável e adequado do poder para transformar ou regenerar. Os aspectos conjunção, oposição e quadratura podem ser tensos, incitando a desafios e podendo provocar perdas e dor.

Plutão permanece em um signo de 13 a 40 anos. Esteve em Sagitário 13 anos e em Capricórnio estará até novembro de 2024 (16 anos).

Plutão mostra a pessoa as piruetas telúricas do eu inferior e os vôos em espirais do eu superior. Defronta com as paredes do inconsciente. Não da para fugir, a situação que ele cria torna-se pública, envolve outras pessoas com profundidade, se é obrigado a refletir profundamente. Dá um passo e aí esta a prova novamente, rejeição, abandono, solidão, morte, recomeçar tudo de novo ou de forma nova. A prova se repete até a pessoa desistir de querer manipular a realidade, e fica afim de ser dona de si, única possibilidade de poder real. Sair do automatismo e da mecanicidade para se tornar dona de si.

As conexões com Plutão, sejam harmônicas ou desarmônicas, serão regidas por poderosa intensidade, num nível muitas vezes tão extremo que se torna difícil para o próprio indivíduo suportar aquilo que sente. Plutão confere poder, profundidade e radicalismo ao planeta que estiver aspectando, de modo que se torna muito difícil para a pessoa conseguir ver e sentir as coisas sem profundo envolvimento.

O estudo dos aspectos que Plutão realiza no mapa natal informa sobre os enredos e tramas da vida da pessoa no momento. Os aspectos de Plutão revelam os circuitos de poder (ângulos harmônicos) e os chamados curtos circuitos (ângulos tensos) que expressam as possíveis facilitações ou desafios que a pessoa pode encontrar na sua vida. Os ângulos em que se encontram os planetas em relação a Plutão, revelam o drama e os enredos potenciais da vida da pessoa em relação aos assuntos da casa e signo por onde ele transite. Eles permitem mapear os possíveis padrões de comportamento e o prisma pelo qual se vê este setor da vida. Se considerar os planetas como personagens, o “aspecto astrológico a Plutão” define o enredo de relacionamento entre estes personagens ou eus astrológicos e a força de Plutão.

O conhecimento do significado dos aspectos astrológicos de Plutão em trânsito no mapa natal, é fundamental para entender os desafios ou as facilidades que o mapa nos oferece como potencialidade, possibilidade ao ser dinamizado por Plutão.

Plutão em trânsito pelas casas

Plutão pode passar em trânsito por uma casa de 14 a 40 anos. Logo que estiver numa orbe de 5º da cúspide poderá se sentir sua ação nos assuntos da casa. Os primeiros quatro anos depois que entra na casa serão os mais fortes.

Nos assuntos relacionados a casa por onde Plutão estiver em trânsito se quererá cortar pela raiz aquelas atitudes e posturas que não correspondam ao momento, a fim de enxergar o essencial. Plutão indicará onde a pessoa deverá se transformar, mudar, se desapegar para corresponder as exigências do momento.

O trânsito de Plutão nas casas é sempre contundente e claro em seus efeitos. Está ligado a um processo muito lento de aprofundar os assuntos da casa até identificar o que perturba e curar.

A medida que Plutão ativa um assunto, sempre provoca desafios, sejam eles físicos, financeiros, estruturais, emocionais ou espirituais. Plutão sempre é acompanhado de medo, emoção profunda, e incita a ser enfrentado com coragem, verdade e convicção do que se quer.

Durante o trânsito de Plutão por uma casa é muito importante acompanhar e estudar os aspectos que faz com os planetas do mapa. Os aspectos de Plutão a planetas natais considerando uma orbe de cinco graus duram de 4 a 5 anos.

Plutão por onde transita leva e traz coisas. Ele é contundente mais avisa antes. O alvo que Plutão quer atingir fica é sugerido, mostrado com uma antecedência de no mínimo dois anos, tempo suficiente para que sejam realizadas as correções que a vida assinala. No caso de não tomar as medidas preventivas e se realizar as mudanças que Plutão sugere através das situações da vida, com certeza vai se sofrer e perder algo valioso.

Com Plutão, se ganha o poder de provocar mudanças essenciais, em nós, nos outros, na sociedade e na natureza.

Plutão em trânsito pelas casas sugere:

• Faz com que a pessoa entre em contato com conteúdos profundos que mexem com os alicerces da sua personalidade e vida nos assuntos da casa onde se encontrar.

• Liberta o que não é necessário para a realização do que esta casa promete;

• Escancara a essência e a verdade dos assuntos que a casa levanta;

• Pode provoca reformas e reavaliações profundas, mudança radical de hábitos e costumes;

• Traz coragem, intensidade,.. Pode trazer obsessão, compulsão ou paranóia.

• A forma de ser vivida a casa pela que Plutão transita será outra após sua passagem.

• Como Plutão movimenta-se com lentidão ele vai preparando o terreno para as transformações que devem acontecer. A pessoa vai sentindo a necessidade de mudar, a medida que Plutão avança vai apurando a intuição, a percepção a sensibilidade e tem-se uma visão mais profunda que aponta onde deve-se aprimorar. Mas quem fica fechado aos assinalamentos que Plutão mostra interiormente e até exteriormente, viverá perdas, rupturas e sofrimentos.

• No setor do mapa por onde ele estiver transitando, sempre levara alguma coisa apreciada pela pessoa. Na presença de Plutão o mais inteligente é doar algo de muito valor em oferenda, algo que na verdade temos que largar para podermos realizar a passagem que é pedida pelo limite dos ciclos e suas etapas...

• Plutão sempre ataca ao Ego iludido e cristalizado, as crenças que ficaram arcaicas, aos circuitos de defesa que ficaram inúteis, e estão agindo involuntariamente.

Se a pessoa estiver passando por um trânsito forte de Plutão, aconselha-se entregar o que ele está pedindo e tentar aprender para não repetir os erros que Ele assinala. Não olhar par trás, nem ficar com chiliques; com Plutão não se brinca.

Este poema de Fernando Pessoa corresponde a como considero ficamos depois de um Trânsito de Plutão:

De tudo ficaram três coisas:

A certeza de que estamos sempre começando,

A certeza de que é preciso continuar,

A certeza de que seremos interrompidos antes de terminar.

Portanto devemos fazer:

Da interrupção um caminho novo,

Da queda um passo novo de dança,

Do medo uma escada,

Do sonho uma ponte,

Da procura um encontro.

Por tudo isto é muito importante acompanhar o Trânsito de Plutão.

O planeta Marte em trânsito é um dinamizador especial de qualquer situação que esteja criando Plutão em trânsito.
Por Hector Othon



TRÂNSITOS SIGNIFICATIVOS DE PLUTÃO
“Em cada singela substância encontramos um espelho vivo e perpétuo do Universo”
Gottfried Wilhelm Von Leibniz – Filósofo e matemático

“Pessoas sem conhecimento espiritual, que dizem ser descrentes e estão fazendo o mapa e trânsitos por curiosidade, mas estão em momentos de crise, recomendo livros de “Poder da Mente” para ajudá-las a buscar sua força interior.”
Nezilda Passos
Possíveis significados do Trânsito de PLUTÃO
É um planeta lento e de gerações, ficando muito tempo em um mesmo signo e com tempo de permanência variável. Ele ficou 25 anos no signo de Câncer, 20 anos no signo de Leão, 11 anos no signo de Libra, 11 anos no signo de Escorpião, 13 anos em Sagitário e agora está em Capricórnio, onde permanecerá por cerca de 14 anos (Até 2024). Ele ocasiona profundas mudanças na psique. É o complexo de poder que tanto pode levar a realizações incríveis como a ruína. Age como um vulcão, trazendo à tona complexos e traumas, para serem compreendidos e superados.

Quando está em trânsito, transforma as pessoas, quer elas queiram ou não. Ele não causará danos às pessoas que estão abertas a mudanças. Porém, quando ele transita na vida de pessoas muito estruturadas ocasiona perdas materiais ou de entes queridos, para fazê-las mergulhar em seu interior, consequentemente ocorrendo mudanças radicais. É sexualidade e resgate cármico em massa. Indica motivação de geração e, por causa disso, em cada signo em que fica ocorrerão transformações relacionada às características do signo. Por exemplo: no período em que esteve em Libra, ocorreram grandes transformações relacionadas a casamento, justiça, artes, etc...



PLUTÃO TRANSITANDO NAS CASAS
Plutão na Casa 1 e Casa 7
CASA 1 – É uma Casa relacionada à ação, início, força criadora, ego, impulso e personalidade. Plutão, transitando por esta Casa, causará grandes transformações relacionadas a estas características.

Principais Efeitos:

. Altera a maneira de ver a vida e muda sua noção de Eu.

. Transforma sua maneira de vestir, o corte de cabelo, enfim, altera a aparência física, podendo a pessoa engordar ou emagrecer. Isto ocorre como conseqüência da mudança interior ou maior conscientização de si mesmo. A intensidade de seu efeito dependerá da idade e dos aspectos do Mapa Natal da pessoa.

. Necessidade de explorar novas formas de se expressar e de sentir a vida. Se, por medo, não buscar isso, circunstâncias externas o forçarão a fazê-lo.

. Pode ocasionar transformações profundas por casamentos ou separação. Pessoas conservadoras tornam-se liberais. Rupturas com pessoas ou sociedades em geral.

. Muda as amizades e o ambiente a sua volta.

. Busca de grupos ou movimentos que promovem ou brigam por transformações sociais.

. Como um vulcão, ele faz qualidades e defeitos adormecidos emergirem para serem compreendidos, superados e utilizados. Podem vir à tona raiva, sexualidade e conhecimento de sua capacidade manipuladora ou controladora. Também ciúmes, inveja e um comportamento destrutivo. É um momento de autoconhecimento, de limpeza interior, de renovação e autodesenvolvimento.

. Conscientização de suas qualidades, poder de dirigir sua própria vida e sua força criativa.

. Uma época de renascimento e de um pouco de sofrimento. Poderão ocorrer doenças que afetarão profundamente a vida da pessoa. Isto porque a Casa 1 é uma Casa de corpo e saúde.

. Atração por aspectos misteriosos e assuntos que explicam a verdadeira razão da vida, como Astrologia, Yoga, Ocultismo, Psicologia e doutrinas espirituais.


CASA 7 – Simboliza casamento, sociedades e como a pessoa percebe os outros. Estando Plutão transitando por esta Casa, ocorrerão profundas transformações nos relacionamentos do indivíduo.

Principais Efeitos:

. Crise nos relacionamentos íntimos, ocasionando transformação pessoal, crescimento e mudanças. Se o relacionamento for baseado no diálogo e sinceridade, conseguirá superar a crise e se renovará. Nos casos contrários, ocorrerão rompimentos muiot dolorosos.

. Plutão age como um vulcão, trazendo à tona complexos emocionais e sentimentos de mágoa profundamente enraizados.

. Oferece oportunidades para descobrir e resolver padrões emocionais errados formados na infância.

. Pode ocasionar reações emocionais como ciúme, inveja, fúria em seu esposo ou esposa, necessitando que reflita sobre a razão disto. Deve lembrar que projeta nos outros seus sentimentos, que muitas vezes estão inconscientes.

. Surgirá infidelidade, traição, rudeza, medo de ser abandoado ou traído pela pessoa amada, porém, pode ser uma projeção de sua insatisfação e inquietação com o relacionamento. Precisa ser honesto e buscar a razão destes acontecimentos em si mesmo, evitando culpar o outro por sua infelicidade e descontentamento. Deve lembrar que seu exterior é conseqüência de seu interior.

. Virá a tona que está sendo traído e será para ativar suas reações, até então desconhecidas. Descobrirá sentimentos de muita intensidade e violência e, assim, Plutão estará fazendo a pessoa enfrentar aspectos de si mesmo que preferia não conhecer. É necessário investigar psicologicamente para compreender e superar este sentimento, sua origem poderá ser de antigos medos, como o de perder a mãe, por exemplo.

. Se o indivíduo já é casado, poderá sentir atração e paixão por uma outra pessoa, isto será para forçá-lo a reexaminar e reavaliar seu relacionamento. É necessário verificar o que este novo relacionamento lhe proporciona e como está o antigo, porque se estiver estagnado precisa ser renovado ou Plutão o termina.

. Dificuldades emocionais devido a problemas de saúde ou de profissão. Isto afetará intensamente os relacionamentos, podendo ser, também, devido a morte de sua esposa ou esposo.

. Envolvimento com pessoa que tem Plutão forte em seu Mapa Natal, que esteja passando por um trânsito significativo de Plutão ou uma pessoa com quem o relacionamento precisa ser oculto. Como paixão pela mulher do chefe, ou pelo marido da melhor amiga, o que ocasionará uma grande transformação.

. Luta por poder, tanto no casamento, como nas sociedades. No caso do casamento, é para impedir que a pessoa lhe machuque, também pode ocorrer um relacionamento no qual o indivíduo será controlado.

. Vira à tona que não sabe lidar com o poder nos relacionamentos, ocasionando insegurança, pode estar buscando alguém para transferir seu poder. Tudo isto permitirá à pessoa aprender a reciprocidade e a cooperação.

. Participação de grupos que estão tentando reformar algum aspecto da sociedade. Atenção para evitar radicalismo destrutivos.

. Cuidado com justiça ou lutas com inimigos pelo poder. As lutas legais poderão ser cansativas e desagradáveis.



Plutão na Casa 4 - Casa 10



Plutão na Casa 4

É uma Casa relacionada a família, lar, estrutura interior, raízes e inconsciente pessoal. Plutão, em trânsito por esta Casa, levará o individuo a fazer grandes transformações em seu interior, consequentemente o seu exterior também mudará.

Principais Efeitos:

1. Momento para olhar para o seu inconsciente pessoal ou profundeza do Eu.

2. Causa uma introversão mais acentuada, porém normal. A solidão é necessária nesta época para facilitar a metamorfose psicológica que esse trânsito anuncia.

3. Oportunidade de renovar e realizar um novo começo de vida. Mesmo esta necessidade interior de mudança e progresso estando inconsciente, os fatos lhe induzirão à renovação.

4. Afloramento dos traumas, medos, lembranças de infância, crenças e superstições. Atrairá situações em que as dificuldades da infância se repetirão, será necessário encara-las e entende-las para poder supera-las, pois estarão retardando seu crescimento interior e, consequentemente, o exterior.

5. Durante este trânsito, se tornará compreensivo e entenderá melhor os valores ou crenças dos pais, principalmente se foi rebelde e não aceitava a família.

6. Terá que enfrentar problemas de saúde do pai ou mãe, conflitos e crises psicológicas e emocionais oriundas de raízes familiares.

7. Mudança de casa, afetando sua vida de uma maneira geral, poderá fazer a reforma ou redecoração de sua casa. A mudança interior se reflete sempre no exterior.

8. Importantes mudanças na vida de seu companheiro ou companheira.

9. Pode acontecer separação, divórcio, nascimento ou retorno de algum membro da família que estava há muito tempo ausente. Pode significar também a partida de alguém ou da própria pessoa.

10. Ocasiona disputas agressivas, intrigas ou lutas de poder.



Plutão na Casa 10

Simboliza profissão, status, política, sucesso profissional e social, e, como o indivíduo se comporta na sociedade. Plutão em trânsito por esta Casa, provocará profundas transformações na vida social do indivíduo.

Principais efeitos:

1. Mudança nos objetivos profissionais ou de profissão. Mentalmente, poderá atrair demissão devido a sua insatisfação com o tipo de trabalho que está executando. Descoberta de nova profissão.

2. Proporciona uma compreensão mais profunda daquilo que o indivíduo é e do motivo pelo qual está no mundo.

3. Possibilidade de promoção ou um cargo de poder para aprender a lidar com a sabedoria e a sensibilidade.

4. Intriga e luta contra seus companheiros de trabalho, chefes ou empregados. Poderá despertar traumas de infância relacionados a poder ligado aos pais, principalmente quando estes não ensinaram o que é autoridade nem deixaram o indivíduo se posicionar durante a infância ou adolescência. É conveniente buscar, na psique, o porquê de seu comportamento atual.

5. Pode ocorrer morte ou substituição do chefe ou patrão, uma auditoria na empresa, reuniões ou negociações secretas e até mesmo modificações radicais.

6. Interesse por profissões como Psicologia, Medicina, Ciências, Política, Auditoria Empresarial, Jornalismo investigativo, pesquisa atômica e mineração.

7. Recuperação de instituições sociais ou trabalho em alguma coisa que tenha algo de secreto.

8. Cuidado com o fanatismo profissional ou o excesso de trabalho.

9. Necessidade de poder ou de dirigir algum trabalho. Evite manipulações ou crueldade, pois poderá gerar consequências drásticas.

10. Atenção com o comportamento incorreto ou ilegal, porque poderá ser pego em flagrante, sofrer escândalos públicos e humilhações.

11. Pode ser um período de transformação na vida do pai ou da mãe, podendo ser positiva ou dolorosa. Neste caso, serão problemas emocionais ou de doenças.

12. Em alguns casos, coincide com morte de pai ou mãe. Será bom recomendar ao cliente fazer exames completos em seus pais e também dedicar-lhes mais tempo. Isto nos casos em que Plutão ainda não cruzou a Casa 10.

13. Será um momento confuso e difícil para a pessoa que perde um dos pais, embora, em alguns casos, seja libertação de restrições e inseguranças.

14. Deve avaliar sua relação com os pais, esclarecendo problemas e bloqueios emocionais. Em muitos casos, será necessário apoio de um terapeuta.




ASPECTOS DE PLUTÃO COM OS PLANETAS NATAIS
Aqui vou descrever os aspectos que considero principais, caso queira algum outro que não esteja aqui, favor me enviar um email citando o aspecto em questão.
PLUTÃO em CONJUNÇÃO com SOL

PLUTÃO em QUADRATURA com MARTE

PLUTÃO em OPOSIÇÃO com MARTE

PLUTÃO em CONJUNÇÃO com SATURNO

PLUTÃO em QUADRATURA com SATURNO

PLUTÃO em OPOSIÇÃO com SATURNO

PLUTÃO em CONJUNÇÃO com URANO
(Ocorrerá em torno dos 70 anos)

PLUTÃO em QUADRATURA com URANO

PLUTÃO em CONJUNÇÃO com NETUNO


1. Profundas mudanças interiores, consequentemente, renovação de idéias, objetivos e de sua visão do mundo;
2. Pode se tornar desorientado quando descobrir que tem vivido fora da realidade, mas isto acontecerá a um grupo de pessoas porque estão sob efeito de planetas de gerações;
3. Será bom discutir suas idéias com pessoas que não estão sob os efeitos deste trânsito, o que está lhe acontecendo. Um psicoterapeuta que não seja de sua geração poderá ajudá-la a ter melhor perspectiva do futuro;
4. Modificação em seus relacionamentos e em seu trabalho, consequentes de sua mudança interior, após este trânsito, será outra pessoa;
5. Interesse por Astrologia, Ocultismo, Metafísica, Psicologia ou outros assuntos que lhe proporcionem maior compreensão da vida. Todavia, precisa ter cuidado para não fanatizar e fugir da realidade da vida.
PLUTÃO em QUADRATURA com NETUNO

PLUTÃO em QUADRATURA com PLUTÃO
1. As mudanças que ocorrerão estarão relacionadas ao significado das Casas envolvidas neste aspecto.
2. Período de completa mudança ou renovação, podendo ser suave ou tensa, de acordo com a maturidade e conscientização da pessoa.
3. Eliminação de coisas superadas ou desnecessárias à sua vida.
4. Afloramento de problemas não solucionados, traumas e lembranças de infância, que precisam ser compreendidos e superados.
5. Momento de muitos tumultos interiores, inseguranças, avaliação de sua vida e de seus relacionamentos.
6. Ruptura de relacionamentos pessoais e íntimos se não houver diálogo franco e se estiverem estagnados.
7. Interesse por Ocultismo e conhecimentos que permitam entender melhor o Universo.
8. É difícil controlar as forças inconscientes que afloram durante este trânsito, mesmo para o indivíduo que tem controle de sua mente consciente.
9. Procure relaxar e deixar esta energia fluir. Lembre-se que ela é muito forte e inflexível, podendo ser traumática. Permita que sua vida seja renovada para que ocorra crescimento interior.
PLUTÃO em CONJUNÇÃO com MEIO-DO-CÉU (MC)


1. Afeta completamente o curso e a direção de sua vida;
2. É um momento para avaliar sua vida pessoal e profissional;
3. Ocasionará mudanças sociais e profissionais, tanto positivas como negativas. Isto dependerá de como a pessoa tem conduzido sua vida;
4. Afloramento de traumas, complexos e lembranças de infância, que precisam ser entendidas e superadas.
PLUTÃO em QUADRATURA com MEIO-DO-CÉU (MC)

PLUTÃO em OPOSIÇÃO com MEIO-DO-CÉU (MC)

PLUTÃO em CONJUNÇÃO com ASCENDENTE (ASC)

PLUTÃO em QUADRATURA com ASCENDENTE (ASC)


  

PLUTÃO em 2011

Plutão já está desde 2008 em Capricórnio, e ficará até 2011 no primeiro decanato deste signo. Veja na tabela abaixo por onde plutão estará passando este ano, bem como os principais aspectos que ele recebe dos planetas rápidos:


Se você tem qualquer planeta entre 03°53' e 8°30'  de qualquer signo Cardinal (Capricórnio, Câncer, Libra e Áries), você está sob trânsitos de Plutão ao longo deste ano de 2011, que prometem ser intensos e modificar sua vida, como você a conhece, para sempre. Você terá de abandonar coisas e poderá ter que lidar com perdas em diversos níveis. A questão é que seu modo atual de ser é inaceitável (nos moldes do planeta em questão, o que sofre o aspecto). Então você vai ter de lidar com a destruição dos seus sonhos, projetos e a perda de coisas conquistadas no passado, porque tudo isso prende você a um modo antigo de operar a vida nos assuntos do planeta que sofre o aspecto. Como Urano se aplica também em quadratura com plutão, esses processos tendem a ser vividos com uma especial sensação de não se ter controle algum sobre a vida e sobre as mudanças, que ocorrem de forma especialmente abrupta.
Se você tem planetas entre 03°53' e 8°30' de Touro ou Virgem, os processos marcados por plutão serão drásticos, mas bem menos dolorosos, e provavelmente são transformações que você já aguardava com ansiedade. Aqui você terá de lidar com perdas também, mas provavelmente deixará o velho ir com prazer e receberá as novidades de braços abertos. Você sente que seu poder de atuação na esfera do planeta transformado aumenta consideravelmente a partir de agora.




27 comentários:

  1. Muito legal seu blog. O mais completo que encontrei. Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, minha linda. Fique a vontade.

    ResponderExcluir
  3. maravilhoso planeta...
    Estou sentindo na pele,rompendo com tudo e com todos,nascendo de novo.
    Parabéns,lindo seu blog

    ResponderExcluir
  4. Plutão é sem dúvida o planeta que mais faz crescer, pelas situções complexas que causa. Boa sorte pra você. Obigada pelas palavras.

    ResponderExcluir
  5. como desliga a porcaria desse som??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Clique lá em baixo no alto falante do programa de planetas em tempo real, que a música cessa.

      Excluir
  6. Boa Tarde, Marta

    Será possível fazer uma breve descrição sobre plutão transitando pela casa 5, como fez com a casa 1 e 7, ou, a 4 e 10?

    Gostei imenso do que aqui escreveu sobre Plutão!!
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  7. Hey, gosto do seu blog; posso fazer uma sugestão?Coloque uma chave de 'liga e desliga' para a música. Pq às vezes queremos ler o conteúdo, mas, ouvir outra coisa, e não é possível.Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minhas lindas, a música não é do blog, mas do programa de planetas no final da page. É só rolar até lá e clicar em cima do alto-falante.

      Excluir
  8. Tenho Plutão natal na casa I em conjunção com meu ascendente, ambos em escorpião.
    Tenho ainda a lua (em cancer)em trígono com plutão e venus (em peixes) também formando trígono com plutão e Chiron na casa 8...acho que posso me entitular plutoniana.

    ResponderExcluir
  9. Nasci em 30/09/1981, as 15:00... isso mê dá um mapa extremamente plutoniano...
    Tenho um Stellium na casa casa 8, envolvendo plutão, sol, saturno e júpiter...
    E outro Stellium na casa 9, com vênus, lua, mercúrio e urano...
    Um intensidade que mal suporto e entendo...
    Parabéns pelo blog, muito pertinentes seus comentários, adoraria que vc comentasse um pouco desse meu stellium na casa 8, estudo ele já a um certo tempo, e acho interessante outros pontos de vista.
    Obrigada, luz e sucesso pra vc... :)

    ResponderExcluir
  10. Plutão na casa 5 - mostra capacidade para a invenção. dá habilidades criativas na arte, é muito bom para representação teatral. É contudo problemático no tocante a especulação e investimentos, pois embora possa trazer lucros, pode também arruinar fortunas através de calamidades terrestre, industrial ou ambiental

    ResponderExcluir
  11. Queria saber como é na casa 12

    ResponderExcluir
  12. Muito bom. Estou em choque com tudo sobre Plutão. Na verdade não fazia ideia do que a passagem dele pudesse fazer em nossa vida. Estou vivendo tudo isso. Levou realmente tudo na minha vida. Parabéns pelo Blog e suas esclarecedoras explicação. Amei.

    ResponderExcluir
  13. Boas adorei me informar sobre Plutão!!! É incrivel esse planeta!!! Ainda tenho 31/32 anos mas espero passar esse período positivamente!!! Tenho Plutão em quadratura com o Ascendente (aquário) e em Balança (Plutão), por sua vez Plutão encontra-se como Marte e Saturno (2 planetas bastantes fortes, e em Escorpião) na Casa IX!!! o que quer dizer isso? Gostaria que me pudessem explicar... ou m ajudar para que pudesse chegando a altura viver melhor esse período (36-40 anos)

    ResponderExcluir
  14. Astrólogo é que nem político: fala, fala, mas não diz nada. Eu vivi há uns anos atrás a quadratura Plutão-Plutão e não tem nada a ver com a "viagem" desses astrólogos. Plutão está ligado ao instinto de autopreservação e não há nada de "inconsciente" nisso, ao contrário! Em seu trânsito ele nos protege forte e conscientemente de várias circunstâncias e ao matar algo dentro de nós, quase sempre o que fica no lugar é ódio, indignação e ressentimento. O que plutão mata, ele substitui por isso, é da "natureza" dele. Cristina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Astrólogo não é como o político, há é astrólogos e "astrólogos". Muitas vezes o problema do astrólogo é o cliente, que tende a não querer enfrentar a sua "personalidade", nem as batalhas que tem pela frente, desejando apenas que lhe seja anunciado um paraíso. Há aspectos dos horóscopos que tendem a ser negligenciados, como: lugar do Carma, planetas e aspectos nas "Casas de Água", aspectos não evidentes, cabendo ao astrólogo descobri-los, e outros. Quanto a Plutão, ele arrasta, para o Bem e para o Mal. Mata e substitui, mas há que atender ao que ele nos dá como substituto. Mas tudo é mudança, há que atender à posição e aspectos de Urano. Os horóscopos têm muito a dizer, o cliente é que deve estar disposto a querer ouvir

      Excluir
    3. Astrólogo não é como o político, há é astrólogos e "astrólogos". Muitas vezes o problema do astrólogo é o cliente, que tende a não querer enfrentar a sua "personalidade", nem as batalhas que tem pela frente, desejando apenas que lhe seja anunciado um paraíso. Há aspectos dos horóscopos que tendem a ser negligenciados, como: lugar do Carma, planetas e aspectos nas "Casas de Água", aspectos não evidentes, cabendo ao astrólogo descobri-los, e outros. Quanto a Plutão, ele arrasta, para o Bem e para o Mal. Mata e substitui, mas há que atender ao que ele nos dá como substituto. Mas tudo é mudança, há que atender à posição e aspectos de Urano. Os horóscopos têm muito a dizer, o cliente é que deve estar disposto a querer ouvir

      Excluir
    4. Cristina,
      Gostei da sua resposta. Vários astrólogos estào falando que o mundo ocidental e o Capitalismo irão ruir em 2020 para dar lugar a uma sociedade igualitária e socialista (isto me parece a maior alopração). A mim, que não sou astróloga, parece-me que Plutão em Capricórnio acentuará a busca por novas bases em nossas vidas devido à insegurança que estamos sentindo. Capricórnio é signo das estruturas, assim Plutão poderá fortalecer a necessidade de estruturas. Obrigada pelo seu post. Achei muito legal.

      Excluir
  15. Olá! É um trânsito de Plutão oposição ao sol (casa1)?
    Muito obrigada

    ResponderExcluir
  16. Ou seja, quais as características deste trânsito- Plutão oposição ao sol

    ResponderExcluir
  17. Sei alguma coisa de Astrologia, mas há quem saiba mais. Sei o que sinto, pressinto o que devo fazer, mas o que eu gostaria mesmo de saber é se no horóscopo de nascimento, se Plutão em conjunção com Urano e ambos em conjunção com o ascendente significa alguma coisa "especial", sei lá. Sei que o meu Urano natal me coloca no grupo daqueles que são excêntricos, e eu até sou excêntrica, sempre fui, mas acho que cada vez pior, ainda que a minha excentricidade não seja prejudicial para ninguém, quando muito "Eu sou como sou". Quanto à Lua, está em Peixes, maravilhosamente aspectada, mas com Neptuno. Sou escritora, já tenho 2 livros, vou ter outro editado por uma editora internacional. Ser escritor até é trabalho de excêntrico, assim como adoptar cães e gatos abandonados, graças a Deus há espaço. Mas esta mistura de planetas significa alguma coisa em especial? Já tenho visto fantasmas, tenho a certeza, ainda que procure sempre explicações racionais para as ocorrências e não tome tudo por mal-assombrado. Mas há coisas que vi e contei, das quais não podia ter conhecimento nenhum, e estavam certas. é Plutão + Urano + ascendente + Lua + Neptuno? Ou não tem nada a ver e é apenas coincidência? Sabe Deus o que eu gostaria de ter uma resposta de alguém bem entendido no assunto. Mesmo que seja para dizer que eu não estou boa da cabeça, a minha excentricidade chega para ficarmos amigos. Obrigado

    ResponderExcluir
  18. Sei alguma coisa de Astrologia, mas há quem saiba mais. Sei o que sinto, pressinto o que devo fazer, mas o que eu gostaria mesmo de saber é se no horóscopo de nascimento, se Plutão em conjunção com Urano e ambos em conjunção com o ascendente significa alguma coisa "especial", sei lá. Sei que o meu Urano natal me coloca no grupo daqueles que são excêntricos, e eu até sou excêntrica, sempre fui, mas acho que cada vez pior, ainda que a minha excentricidade não seja prejudicial para ninguém, quando muito "Eu sou como sou". Quanto à Lua, está em Peixes, maravilhosamente aspectada, mas com Neptuno. Sou escritora, já tenho 2 livros, vou ter outro editado por uma editora internacional. Ser escritor até é trabalho de excêntrico, assim como adoptar cães e gatos abandonados, graças a Deus há espaço. Mas esta mistura de planetas significa alguma coisa em especial? Já tenho visto fantasmas, tenho a certeza, ainda que procure sempre explicações racionais para as ocorrências e não tome tudo por mal-assombrado. Mas há coisas que vi e contei, das quais não podia ter conhecimento nenhum, e estavam certas. é Plutão + Urano + ascendente + Lua + Neptuno? Ou não tem nada a ver e é apenas coincidência? Sabe Deus o que eu gostaria de ter uma resposta de alguém bem entendido no assunto. Mesmo que seja para dizer que eu não estou boa da cabeça, a minha excentricidade chega para ficarmos amigos. Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro, minha linda! Significa sim. Não é coincidência, aliás, esta não existe (Sexta Lei). Plutão e Urano EXIGEM transformações, transmutações, mudanças radicais, onde eles fazem seu "altar". Você não me falou a casa onde eles estão. Deve ser na Casa 11, não? Falo isso porque estou escrevendo um livro há anos, que pretendo terminar agora e tenho Plutão lá e Urano bem próximo a ele. Leonor meu email: marthacibelli@hotmail.com
      Fraternalmente.
      Martha Cibelli

      Excluir
  19. Oi Cibelle tudo bem? Tenho como regente do meu mapa Plutao ( pq tenho ascendente em escorpião em conjunção com urano - e acho que isso é coisa de gente excêntrica ne?rs) e no momento estou passando ao mesmo tempo por um trânsito de plutao em conjunção ( praticamente exata com meu Sol) ao mesmo tempo em que ele faz uma quadratura com meu Plutao Natal em libra. Detalhe tenho além disso uma quadratura entre Plutao e Sol e tb uma quadratura entre Plutao e Marte no meu mapa natal e as coisas andam realmente meio " turbulentas " para mim... Não consegui acessar aqui Plutao em conjunção com o sol. Gostaria de saber tb o que o Plutao em trânsito pode afetar na vida da pessoa quando está na sua casa 3 ( como no meu caso), fazendo quadratura com o Plutao Natal na sua casa 12? Só sei que a coisa ta " pegando" e feio... Afetaria os assuntos da casa 3 ,junto aos da 12? Pensei em algo como. Transformações nos " relacionamentos ( libra) com irmãos ( casa 3) ou então, transformações nos estudos ( casa 3) artísticos ( libra) . Não sei se tou viajando mas para mim faz total sentido! Se puder me responder agradeço! Um grande abraço e parabéns pela excelente postagem, :).

    ResponderExcluir